Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2021
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 25º

Edição

Ataque reivindicado por jihadistas causou oito mortos na Somália

Um ataque com carro armadilhado a um posto de controlo, em Mogadíscio, causou oito mortos, e foi reivindicado pelo grupo jihadista Shebab, segundo fonte policial.

Ataque reivindicado por jihadistas causou oito mortos na Somália
Notícias ao Minuto

12:31 - 25/09/21 por Lusa

Mundo Somália

O ataque ocorreu hoje de manhã contra um posto de controlo a um quilómetro da "Villa Somália", o palácio presidencial, noticiou a agência France Presse.

"Está confirmado que oito pessoas, a maioria civis, morreram, e sete outras ficaram feridas na explosão de um carro armadilhado", disse o comissário distrital de Hamar Jajab, onde ocorreu o ataque, Mucawiye Ahmed Mudey.

Uma testemunha disse que o veículo explodiu enquanto era vistoriado pelos guardas.

"O carro foi parado por seguranças e e a explosão deu-se quando vários outros carros [parados] e pessoas passavam numa rua próxima", disse Mohamed Hassan, que afirmou ter "visto feridos e mortos serem transportados", segundo a AFP.

Os jihadistas do Shebab reivindicaram num breve comunicado este ataque "visando o principal posto de controlo de segurança do palácio presidencial".

Mogadíscio é regularmente palco de ataques dos Shebab, que lideram uma insurgência desde 2007 com o objetivo de derrubar o Governo da Somália, apoiado pela comunidade internacional.

Os Shebad foram expulsos da capital da Somália pela força da União Africana (Amisom) em 2011, mas realizam ataques frequentes contra o Governo, a segurança e alvos civis, e controlam grandes áreas rurais no resto do país.

Leia Também: Conselho de Segurança da ONU "profundamente preocupado" com a Somália

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório