Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2021
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 26º

Edição

Moçambique e agência da ONU debatem reforma prisional

O Ministério da Justiça de Moçambique e o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) debatem hoje reformas no sistema prisional, que enfrenta sobrelotação, albergando cerca de 21.000 presos para uma capacidade de perto de 4.500 prisioneiros.

Moçambique e agência da ONU debatem reforma prisional
Notícias ao Minuto

06:51 - 23/09/21 por Lusa

Mundo UNODC

"O evento pretende discutir os padrões internacionais no domínio de gestão prisional e o tratamento de pessoas privadas da liberdade, formação e desenvolvimento profissional para profissionais do sistema prisional", refere uma nota do Ministério da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos.

Além da ministra da Justiça, Helena Kida, o evento contará com a participação do chefe do UNODC, Marco Teixeira, e o embaixador de Portugal em Moçambique, António Costa Moura.

As penitenciárias moçambicanas debatem-se com sobrelotação, albergando cerca de 21.000 presos, contra uma capacidade instalada de 4.498 prisioneiros, segundos dados mais recentes do Ministério da Justiça.

Leia Também: Membros do Conselho de Segurança da ONU querem "um Afeganistão estável"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório