Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2021
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

Popeye russo corre risco de amputação após braço 'explodir' durante luta

Kirill Tereshin injetou nos braços uma solução de azeite, lidocaína e álcool.

Popeye russo corre risco de amputação após braço 'explodir' durante luta

Um homem de 25 anos, conhecido como o ‘Popeye russo’, foi internando no Hospital de Moscovo, em estado grave, depois de um dos bíceps ter 'explodido' durante uma luta.

De acordo com a imprensa local, Kirill Tereshin será agora submetido a uma cirurgia para evitar ser amputado. Os médicos terão de remover pedaços de uma substância perigosa que injetou nos bíceps e que acabou por endurecer.

Inicialmente, a operação será apenas ao braço esquerdo, mas, posteriormente, a substância será removida também do direito.

O ex-militar russo ficou conhecido internacionalmente depois de aplicar Synthol, uma solução à base de azeite, lidocaína e álcool, nos braços para atingir bíceps de 60 centímetros.

Na altura, o cirurgião Dmitry Melnikov advertiu o jovem para o perigo deste procedimento.

“O risco de complicações neste caso é muito alto. Uma substância tóxica no corpo pode levar à falência dos rins e até à morte”, disse o profissional de saúde.

Já em 2019, o ‘Popeye russo’ tinha sido submetido a uma cirurgia de emergência, também em Moscovo, para retirar 1,5 kg de músculo morto do braço esquerdo. Nessa altura, foi avisado de que corria risco de amputação se continuasse com a substância no interior do corpo, contudo, Kiril não quis saber e continuou a injetar esse tipo de substâncias no corpo.

Leia Também: Doenças musculoesqueléticas e mentais afetam mães no trabalho

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório