Meteorologia

  • 28 OUTUBRO 2021
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

Raptos impedem um milhão de crianças de voltar às escolas da Nigéria

Pelo menos um milhão de crianças na Nigéria não podem ir à escola no ano letivo que começa este mês, por causa da violência na sequência dos raptos que ocorreram nos últimos meses, alertou hoje a Unicef.

Raptos impedem um milhão de crianças de voltar às escolas da Nigéria
Notícias ao Minuto

16:56 - 16/09/21 por Lusa

Mundo UNICEF

De acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), mais de 37 milhões de crianças nigerianas iniciam este mês o novo ano escolar, mas pelo menos um milhão não vai conseguir ir à aulas por causa dos receios dos pais sobre os raptos.

"É inaceitável que as comunidades tenham de se preocupar com o envio dos filhos para a escola por terem medo de que sejam sequestrado naquele que devia ser um espaço seguro", disse o representante da Unicef neste país africano, Peter Hawkins.

O responsável considerou "inaceitável que as crianças tenham medo de voltar a encontrar os seus amigos e as aulas, e que os pais tenham medo de enviar os filhos para a escola, sabendo que podem não os voltar a ver".

"Esta insegurança tem de terminar para que as crianças possam voltar à sua vida normal", defendeu Hawkins, num comunicado citado pela agência espanhola de notícias Efe.

Desde janeiro já houve 20 ataques a escolas na Nigéria, com 1.436 crianças raptadas, 16 crianças mortas e mais de 200 crianças continuam desaparecidas, de acordo com os números da Organização das Nações Unidas.

Leia Também: Mais de 2.300 pessoas morrem num dos piores surtos de cólera na Nigéria

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório