Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2021
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 24º

Edição

Cirurgião obrigado a cancelar operações porque lhe roubaram os óculos

Polícia fez um apelo para que ladrões devolvam os óculos, um instrumento crucial para o cirurgião, mas inútil para qualquer outra pessoa.

Cirurgião obrigado a cancelar operações porque lhe roubaram os óculos

Um cirurgião cardíaco vai ter de cancelar seis semanas de cirurgias no hospital Queen Elizabeth Hospital, em Birmingham. O motivo? Os seus óculos, feitos à medida, foram roubados.

Os óculos, com lentes personalizadas, são um instrumento "absolutamente essencial" para levar a cabo operações complexas e minuciosas. 

Aliás, conforme conta o Metro, há poucas empresas, a nível global, a fazer este tipo de lentes, conhecidas como lupas, e que devem ser especificamente concebidas para a visão do próprio cirurgião.

Os óculos de Stephen Rooney foram-lhe roubados de dentro do carro, em frente ao hospital. 

Tratando-se de um instrumento tão importante para o desempenho da sua profissão (que, no limite, se resume a salvar vidas), a própria polícia lançou um apelo urgente para que quem roubou os óculos que os devolva. Até porque, apesar de serem fundamentais para o cirurgião, para outras pessoas são inúteis. 

Além dos óculos, os ladrões levaram também um carrinho de golf dobrável. 

Leia Também: Braga. Hospital desrespeitou "legítimos interesses" de doente que morreu

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório