Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2021
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Alunos de 13 e 14 anos preparavam ataque a escola. Colega denunciou-os

Saúde mental dos dois jovens, entretanto detidos, será avaliada.

Dois alunos, de 13 e 14 anos, foram detidos nos EUA por estarem, alegadamente, a planear protagonizar um ataque na sua escola.

Phillip Byrd e Connor Pruett foram denunciados por um colega que informou uma professora que um dos jovens tinha uma arma na mochila.

A administração da escola foi alertada de imediato e embora a arma não tenha sido encontrada, a polícia descobriu que os dois alunos possuíam uma planta da escola onde estavam assinaladas todas as câmaras de videovigilância do local.

A par disso, descobriu-se que os dois andavam a pesquisar a fundo o Massacre de Columbine, em 1999, investigando, inclusive, como se produzia uma bomba artesanal e como comprar uma arma no mercado negro

Byrd e Pruett foram detidos na quinta-feira e submetidos a uma avaliação da saúde mental antes de serem detidos e acusados de conspiração para cometer um tiroteio em massa. A detenção foi partilhada em vídeo, que pode ver acima, para garantir aos restantes alunos que estão em segurança.

Os dois jovens estão proibidos de entrar em contacto com outros alunos ou pessoal não docente e proibidos de entrar no recinto escolar de Harns Marsh Middle School, na Flórida.

Leia Também: 11 de Setembro. Memorando reforça suspeitas de envolvimento de sauditas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório