Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 6º MÁX 18º

Edição

Wall Street encerra em terreno negativo pelo quarto dia consecutivo

A bolsa de valores de Nova Iorque encerrou hoje em terreno negativo pelo quarto dia consecutivo, com o Dow Jones a cair 0,43%, num dia em que os mercados tentaram perceber como isso está a afetar a economia global.

Wall Street encerra em terreno negativo pelo quarto dia consecutivo
Notícias ao Minuto

22:24 - 09/09/21 por Lusa

Mundo Mercado

De acordo com os dados do final da sessão em Wall Street, o Dow Jones perdeu 151,69 pontos para 34.879,38, S&P 500 caiu 0,46% para 4.493,28 pontos.

O índice Nasdaq, que engloba as principais empresas tecnológicas, caiu 0,35% para 15.248,25 pontos.

O receio existente sobre o possível adiamento do regresso à normalidade, devido aos novos casos de infeção por covid-19, foi hoje refletido em várias previsões publicadas pelas companhias aéreas, como a United Airlines, American Airlines e Southwest Airlines, que reduziram as estimativas de crescimento, apesar das suas ações permanecerem em terreno positivo.

O sentimento pessimista global foi compensado, de forma parcial, pelos números do desemprego, que foram melhores que o esperado, com os pedidos de subsídios a atingirem os 310.000, um novo mínimo em contexto pandémico e abaixo dos 335.000 estimados pelos analistas.

Quem teve um bom dia foi a Moderna, cujas ações subiram cerca de 8%, depois de ter anunciado a criação de uma vacina dose única que combina um reforço contra a covid-19 e outro contra a gripe.

No entanto, os investidores continuam atentos à reunião da Reserva Federal (Fed) nos dias 21 e 22 de setembro, temendo que o banco central norte-americano decida desacelerar a compra mensal de títulos no valor de 120 bilhões de dólares, depois de ter mantido as taxas de juros baixas e alimentado a recuperação pós-pandemia.

O Banco Central Europeu (BCE) já anunciou hoje que, "com base numa análise conjunta das condições de financiamento e das perspetivas de inflação", irá baixar a taxa de compra dos seus títulos.

Em relação aos setores, apenas três permaneceram a verde: financeiro (0,25%), energia (0,12%) e matérias-primas (0,07%).

Do outro lado da tabela, o setor imobiliário (-2,12%), o setor de saúde (-1,17%) e bens de consumo essenciais (-0,61%) foram os que sofreram as maiores quebras.

Entre as 30 cotadas no Dow Jones, destacaram-se os ganhos da Nike (1,68%), Boeing (1,18%), JP Morgan Chase (0,51%) e Walt Disney (0,37%), contrastando com as perdas da Amgen (-2,40%), Johnson & Johnson (-2,36%), Merck (-2,11%) e 3M (-1,17%).

Leia Também: Bolsa de Nova Iorque abre em terreno positivo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório