Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2021
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Pais têm de pagar 26 mil euros ao filho por mandarem fora pornografia

Os pais argumentaram que estavam a fazer um favor ao filho.

Pais têm de pagar 26 mil euros ao filho por mandarem fora pornografia

Um juiz do Michigan, nos Estados Unidos, ordenou um casal a pagar 30.441 dólares (cerca de 26 mil euros) ao filho por terem mandado fora a sua coleção de pornografia, informa a Associated Press. 

A decisão do juiz Paul Maloney surgiu oito meses depois de David Werking, de 43 anos, ter vencido o processo que interpôs na justiça contra os pais. 

Werking esteve a viver durante 10 meses na casa dos pais depois de se ter divorciado. Quando se mudou para o estado do Indiana, os pais deitaram fora a coleção de pornografia. 

“Francamente, David, fiz-te um grande favor ao livrar-me disto tudo”, escreveu o pai de David Werking num email que lhe enviou. Uma opinião que Werking não partilhou. 

Para além de terem de indemnizar o filho, os pais também vão ter de pagar 14.500 dólares (12.300 euros) ao advogado que representou David Werking. 

Leia Também: Mulher detida em França por roubar mortos nos caixões

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório