Meteorologia

  • 29 JANEIRO 2023
Tempo
MIN 4º MÁX 11º

Mais de 20 muçulmanos mortos na Nigéria quando regressavam das orações

Homens armados não identificados mataram hoje 22 viajantes muçulmanos no estado do Plateau, no centro norte da Nigéria, depois de atacarem vários autocarros que regressavam de uma reunião religiosa, disse a polícia.

Mais de 20 muçulmanos mortos na Nigéria quando regressavam das orações
Notícias ao Minuto

06:14 - 15/08/21 por Lusa

Mundo Nigéria

"Esta manhã (...) recebemos um pedido de socorro (...). Um grupo de atacantes suspeitos de serem jovens Irigiwe (...) atacou um comboio de cinco autocarros de fiéis muçulmanos que regressavam das orações anuais Zikr no estado de Bauchi", disse o porta-voz da polícia regional, Ubah Ogaba, em comunicado.

De acordo com Ogaba, 22 pessoas foram mortas e 14 feridas, enquanto seis suspeitos já foram detidos.

Também em comunicado, um porta-voz da Associação para o Desenvolvimento de Irigiwe - um grupo étnico largamente cristão - criticou a polícia por responsabilizar os jovens da sua comunidade pelo assassínio.

Segundo Malison Davidson, que condenou os assassínios, os jovens Irigiwe não têm tempo para cometer tais atos de violência porque ainda estão de luto pelos 45 Irigiwe mortos no início de agosto pelos pastores Fulani.

O estado de Plateau assistiu durante anos a confrontos violentos entre membros da comunidade Berom (o maior grupo étnico indígena da região), que são principalmente agricultores, e pastores Fulani muçulmanos que pastoreiam o gado em todo o país.

O principal motivo são disputas de terra, mas a região também tem assistido a violência por motivos étnicos e religiosos.

Leia Também: ONG critica inação na Nigéria que resultou em 112 assassinatos num mês

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório