Meteorologia

  • 18 SETEMBRO 2021
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 24º

Edição

Família de jornalista raptado no Mali pede cooperação entre países

A família do jornalista francês Olivier Dubois, raptado no Mali em abril por um grupo 'jihadista', apelou à França e ao Mali para "se unirem" de forma a garantirem a sua libertação.

Família de jornalista raptado no Mali pede cooperação entre países
Notícias ao Minuto

19:08 - 05/08/21 por Lusa

Mundo Mali

O texto, enviado à agência France-Presse, foi escrito por ocasião do aniversário do jornalista, que fará 47 anos na sexta-feira, quase quatro meses após ter sido raptado.

"Tal como Martin Luther King em agosto de 1963, temos um sonho... de acreditar que serás libertado em breve e que celebraremos este momento juntos, mãe, irmãos e irmãs acompanhados pelos vossos filhos. Também sonhamos que a França e o Mali se unam finalmente para te tirarem do Sahel", escreverem os membros da sua família.

Os familiares pedem aos executivos de Paris e Bamaco para os ouvirem e lhes "concederem esse desejo", porque "só eles têm a possibilidade de o realizar".

Jornalista 'freelancer' de 46 anos, Dubois, que vive e trabalha no Mali, é o único refém francês conhecido no mundo.

O próprio anunciou ter sido raptado num vídeo divulgado em maio, no qual explicou ter sido sequestrado em 08 de abril na cidade nortenha de Gao pelo Grupo de Apoio ao Islão e aos Muçulmanos (GSIM), a principal aliança 'jihadista' no Sahel e com ligações ao grupo Al-Qaida.

Em maio, França confirmou que Dubois é refém de um grupo 'jihadista' e a Procuradoria Nacional Antiterrorismo abriu uma investigação preliminar sobre o "rapto num bando organizado".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório