Meteorologia

  • 17 SETEMBRO 2021
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 26º

Edição

Grécia acusa Turquia de colocar em perigo migrantes em acidente no Egeu

A Grécia acusou hoje a Turquia de alegadamente colocar em perigo migrantes no mar e ignorar um acordo com a UE para conter a migração ilegal, citando testemunhos de sobreviventes de um recente acidente no mar Egeu.

Grécia acusa Turquia de colocar em perigo migrantes em acidente no Egeu

Numa carta à vice-presidente da Comissão Europeia, Margaritis Schinis, e outros responsáveis da União Europeia, o ministro das Migrações grego, Notis Mitarachi, disse que as alegações surgiram após um incidente nas águas turcas, a 30 de julho, que provocou três desaparecidos.

A guarda costeira grega resgatou outros 10 migrantes, nove em águas turcas e um que conseguiu nadar até águas gregas.

No documento, Mitarachi afirmou que a guarda costeira turca detetou e aproximou-se de um bote insuflável após o mesmo ter deixado a costa turca em direção à ilha grega de Lesbos.

"De acordo com depoimentos, não só [a guarda costeira turca] não tentou deter [a embarcação], mas permitiu que continuasse o seu caminho, de entrar ilegalmente em águas da União Europeia", vincou na carta divulgada pelo Ministério da Migração.

Mitarachi disse ainda que o navio-patrulha turco levantou ondas que fizeram o bote virar.

"Depois, em vez de realizar imediatamente uma operação de busca e salvamento, a embarcação turca deixou o local", denunciou.

Estes dois países são rivais regionais históricos e trocam frequentemente acusações sobre o tratamento de pessoas que fogem da guerra ou da pobreza no Médio Oriente, África e Ásia na procura de atravessar a Turquia para chegar às ilhas próximas da Grécia em pequenas embarcações fornecidas por redes de contrabando.

Num acordo assinado em 2016 com a União Europeia, a Turquia comprometeu-se a controlar os movimentos migratórios em direção à Europa, depois de cerca de um milhão de pessoas terem entrado no continente através da Grécia em 2015.

Vários grupos de defesa dos direitos humanos e também migrantes têm acusado repetidamente a Grécia de realizar deportações sumárias ilegais de pessoas que chegam às ilhas sem lhes dar a hipótese de solicitar asilo.

As autoridades gregas negam veementemente a acusação, mas dizem patrulhar robustamente as fronteiras.

Leia Também: Grécia rejeita envolvimento na morte de cidadão turco na fronteira

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório