Meteorologia

  • 27 SETEMBRO 2021
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 26º

Edição

Senado dos EUA inicia votação das emendas sobre plano de infraestruturas

O líder da maioria democrata do Senado dos EUA, Chuck Schumer, pediu hoje para acelerar a revisão de um plano de investimento em infraestruturas e prometeu que os democratas vão trabalhar com os republicanos para a aprovação das emendas.

Senado dos EUA inicia votação das emendas sobre plano de infraestruturas
Notícias ao Minuto

21:42 - 02/08/21 por Lusa

Mundo Chuck Schumer

"Vamos iniciar a votação das emendas", disse o líder do Senado na abertura da sessão de hoje. "Quanto mais tempo demorar a aprovação do plano, mais tempo ficaremos aqui", acrescentou.

Em simultâneo, os senadores republicanos indicaram que necessitam de tempo para digerir o orçamento de um vasto plano de investimento em infraestruturas avaliado em 1,2 biliões de dólares, crucial para a agenda do Presidente dos EUA, Joe Biden.

Schumer tinha anunciado previamente que o plano global de investimento deverá ser aprovado nos próximos dias. Após a sua aprovação pelo Congresso e promulgado em lei este programa deverá, em particular, financiar pontes, estradas, condutas e redes de Internet de alta velocidade. Inclui também investimentos em energia verde e autocarros elétricos.

No domingo, Chuck Schumer anunciou no Senado que um grupo bipartidário de senadores "terminou a redação do texto do projeto de lei das infraestruturas".

"Penso que o Senado pode tratar das alterações relevantes e aprovar este projeto de lei dentro de alguns dias", disse na ocasião.

O líder democrata conseguiu reunir vários legisladores do campo oposto, e o grupo emitiu uma declaração dizendo que o objetivo do projeto de lei era investir em infraestruturas e criar empregos sem aumentar os impostos.

O grupo inclui Republicanos Rob Portman, Susan Collins, Mitt Romney, Lisa Murkowski e Bill Cassidy, e Democratas Kyrsten Sinema, Joe Manchin, Mark Warner, Jeanne Shaheen e Jon Tester.

O Presidente dos EUA também quer aprovar um programa de despesas sociais, sanitárias e ambientais no valor de 3,5 biliões de dólares numa segunda fase. Mas os democratas não esperam que os republicanos apoiem este plano.

Leia Também: EUA. Democratas apresentam projeto para despenalizar consumo de marijuana

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório