Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2021
Tempo
23º
MIN 14º MÁX 24º

Edição

Israel diz que há provas de envolvimento do Irão em ataque a petroleiro

O primeiro-ministro israelita, Naftali Bennett, disse hoje que o seu país tinha "provas" do envolvimento do Irão num ataque mortal no mar Arábico contra um petroleiro propriedade de um bilionário israelita.

Israel diz que há provas de envolvimento do Irão em ataque a petroleiro
Notícias ao Minuto

14:39 - 01/08/21 por Lusa

Mundo Naftali Bennett

"Acabo de ouvir que o Irão, de uma forma cobarde, está a tentar escapar à responsabilidade neste caso, que eles estão a negar [qualquer envolvimento]. Portanto, posso dizer com absoluta certeza que o Irão levou a cabo este ataque ao navio (...). Há provas disso", afirmou, durante a reunião semanal do seu governo.

"Esperamos que a comunidade internacional envie um sinal claro ao regime iraniano de que cometeu um erro grave. Em qualquer caso, sabemos como enviar uma mensagem ao Irão, à nossa própria maneira", acrescentou, sem especificar.

Na quinta-feira, o petroleiro "Mercer Street", foi alvo de um ataque com 'drones' [aparelhos aéreos não tripulados] no mar Arábico, segundo os militares norte-americanos, que têm vários navios na região.

O ataque, que não foi reivindicado, deixou duas pessoas mortas - um britânico empregado pela empresa de segurança Ambrey, e um membro da tripulação romena, segundo o armador Zodiac Maritime, uma empresa internacional com sede em Londres, propriedade do israelita Eyal Ofer.

"Os iranianos, que atacaram o navio 'Mercer Street' com um 'drone', pretendiam atacar um alvo israelita, mas o seu ato de pirataria custou as vidas de um cidadão britânico e de um romeno", acrescentou Bennett, antigo ministro da Defesa, que defende uma linha dura contra o Irão.

Segundo o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros iraniano, Saeed Khatibzadeh, a acusação de que o Irão levou a cabo o ataque é "sem fundamento", referindo que "tais jogos de culpas não são novidade".

"Os responsáveis por este [ataque] são aqueles que tornaram possível ao regime israelita colocar o seu pé nesta região", considerou.

Leia Também: Irão nega ataque contra petroleiro ao largo da costa de Omã

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório