Meteorologia

  • 17 SETEMBRO 2021
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 26º

Edição

Escalada do conflito em Deraa provoca 32 mortos e 10 mil deslocados

A escalada do conflito na província de Deraa, sul da Síria, entre tropas do Governo e grupos armados locais provocou 32 mortos desde terça-feira, incluindo 12 civis, e mais de 10.000 deslocados, indicou hoje uma ONG.

Escalada do conflito em Deraa provoca 32 mortos e 10 mil deslocados
Notícias ao Minuto

19:33 - 31/07/21 por Lusa

Mundo Síria

Beirute, 31 jul 2021 (Lusa) -- A escalada do conflito na província de Deraa, sul da Síria, entre tropas do Governo e grupos armados locais provocou 32 mortos desde terça-feira, incluindo 12 civis, e mais de 10.000 deslocados, indicou hoje uma ONG.

Segundo um comunicado da organização não-governamental (ONG) Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), apesar de uma trégua acordada enquanto decorrem negociações para o fim das hostilidades, hoje voltaram a registar-se incidentes armados entre tropas governamentais e rebeldes locais no bairro Deraa al Balad e em outras zonas da cidade de Deraa.

De acordo com a OSDH, sediada em Londres e que possui uma ampla rede de contactos no terreno, as últimas vítimas mortais foram um homem e o seu filho, atingidos a tiro num posto de controlo no noroeste de Deraa por forças leais ao Presidente sírio Bashar al-Assad.

O balanço das mortes de civis ascende a 12 desde terça-feira, incluindo quatro menores, segundo os dados da OSDH, que também se referiu a 11 baixas entre as forças rebeldes e a nove entre as forças sírias, apesar de admitir que o número pode aumentar devido ao estado grave de diversos feridos.

A ONG precisou que 10.000 habitantes dos distritos da capital abandonaram as suas casas para zonas mais seguras após atravessarem o posto de controlo que os separa dos restantes setores da cidade.

Berço da rebelião contra o regime de Bashar al-Assad em 2011, Deraa foi retomada no verão de 2018 pelas forças governamentais, mas devido a um acordo inédito, os rebeldes foram autorizados a permanecer, com alguns a alistarem-se no exército ou mantendo o controlo de diversas zonas da província.

Desde essa data que este setor é regularmente alvo de atentados e ataques contra as forças governamentais.

Em finais de junho, as tropas de Damasco dirigiram-se para Deraa al Balad, bastião dos insurgentes desde há três anos, para pressionar os antigos rebeldes do Exército Livre da Síria a entregar as suas armas e permitir a criação de postos de controlo das forças governamentais.

Nos últimos dias garantiram um acordo com o opositor Comité central de Deraa para o levantamento do cerco, mas que fracassou devido a diversos ataques contra o exército e as milícias leais ao Governo de Damasco após o início da ofensiva contra Deraa al Balad.

Na sexta-feira foi estabelecida uma trégua ainda muito frágil, enquanto prosseguem negociações mediadas por representantes da Rússia.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório