Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2021
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Arábia Saudita reabre as fronteiras a turistas vacinados

A Arábia Saudita anunciou hoje a reabertura das fronteiras a turistas estrangeiros vacinados contra a Covid-19, após um encerramento de 17 meses, por causa da pandemia, informou a agência noticiosa estatal.

Arábia Saudita reabre as fronteiras a turistas vacinados
Notícias ao Minuto

06:53 - 30/07/21 por Lusa

Mundo Covid-19

"O Ministério do Turismo anunciou que o reino abrirá as portas aos turistas estrangeiros e levantará (...) a suspensão da entrada para os titulares de vistos turísticos, a partir de 1 de agosto", acrescentou.

Os viajantes com a vacinação completa, efetuada com as vacinas aprovadas pelas autoridades sauditas (Pfizer, AstraZeneca, Moderna e Johnson & Johnson), poderão entrar no país "sem terem de cumprir quarentena", desde que apresentem um teste PCR com resultado negativo, realizado menos de 72 horas antes da entrada, disse a agência.

Riade não anunciou, no entanto, qualquer levantamento de restrições em relação à "Omra", a pequena peregrinação a Meca, que atrai todos os anos milhões de muçulmanos de todo o mundo.

A pandemia de Covid-19 perturbou fortemente as peregrinações do "Hajj" e "Omra", abertas apenas a peregrinos vacinados residentes no país.

A Arábia Saudita, que apostou nos últimos anos na indústria do turismo para diversificar a economia, assente no petróleo, emitiu os primeiros vistos turísticos em 2019.

Entre setembro de 2019 e o encerramento das fronteiras, em março de 2020, o país emitiu 400 mil vistos turísticos.

Desde o início da pandemia, a Arábia Saudita registou mais de 523 mil casos de Covid-19 e 8.213 mortes causadas pela doença.

Até à data, foram administradas 26 milhões de doses de vacinas contra o novo coronavírus, numa população de 35 milhões, mas o Governo saudita anunciou que, a partir de 1 de agosto, a vacinação passará a ser obrigatória para entrar em estabelecimentos públicos e privados, incluindo escolas e locais de entretenimento, bem como para utilizar os transportes públicos.

A pandemia de Covid-19 provocou pelo menos 4.190.383 mortos em todo o mundo, entre mais de 195,8 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse.

Em Portugal, desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram 17.330 pessoas e foram registados 963.446 casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

Leia Também: Arábia Saudita nega acusações de espionagem e Hungria

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório