Meteorologia

  • 02 AGOSTO 2021
Tempo
28º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Brasil: Coordenador da Funai ameaçou "meter fogo" em indígenas isolados

Declarações foram proferidas durante uma reunião numa aldeia do estado do Amazonas.

Brasil: Coordenador da Funai ameaçou "meter fogo" em indígenas isolados

O coordenador da Fundação Nacional do Índio (Funai) no Vale do Javari, no estado do Amazonas, ameaçou “meter fogo” em indígenas isolados, revela um áudio obtido pelo Folha de São Paulo.

Henry Charlles Lima da Silva, tenente da reserva no exército brasileiro, pediu aos líderes do povo indígena marubo que disparassem contra indígenas isolados se fossem “importunados”.

As declarações foram feitas durante uma reunião na aldeia Paulinho, no dia 23 de junho.

“Eu vou entrar em contacto com o pessoal da Frente de Proteção Etnoambiental e pressionar: ‘Vocês têm de cuidar dos índios isolados, porque senão eu vou, junto com os marubos, meter fogo nos isolados’”, afirmou o coordenador da Funai.

“Eles já entendem. Já pedem cesta básica, já falam português, já têm contacto direto com a Frente. Não se justificam certas atitudes deles”, prosseguiu Henry Charlles Lima da Silva, referindo-se aos indígenas isolados.

No entanto, o Folha de São Paulo apurou que esta afirmação é falsa, pois nenhum povo indígena isolado fala português ou recebe cestas básicas.

“Não estou aqui para desarmar ninguém. Também não estou aqui para ser falso e levantar a bandeira da paz. Passei muito tempo da minha vida a evitar a guerra, mas se a guerra vier nós também não vamos correr. Se vierem à vossa terra, vocês têm todo o direito de se defender”, acrescentou ainda o coordenador da Funai durante a reunião.

O surgimento dos indígenas isolados na região está a ser investigado pela Frente de Proteção Etnoambiental do Vale do Javari.

Leia Também: Brasil citado na ONU como caso de "risco de genocídio indígena"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório