Meteorologia

  • 03 AGOSTO 2021
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

Pela primeira vez, mulheres estão de guarda em Meca durante o hajj

Desde abril, dezenas de mulheres soldado juntaram-se aos serviços de segurança que monitorizam os peregrinos em Meca e Medina.

Pela primeira vez, mulheres estão de guarda em Meca durante o hajj

Pela primeira vez, mulheres soldado estão de guarda em Meca, na Arábia Saudita, durante a peregrinação anual do hajj, segundo a Reuters. Um progresso num país muito conservador e onde as mulheres continuam a enfrentar diversas proibições.

Desde o mês de abril que dezenas de mulheres soldado sauditas passaram a fazer parte dos serviços de segurança que monitorizam os peregrinos em Meca e em Medina, os dois lugares mais sagrados do Islão.

“Isto é uma grande proeza para nós e é o maior orgulho estar ao serviço da religião, do país e dos convidados de Deus”, disse Samar, uma das mulheres soldado que estão de guarda em Meca.

Já Mona segue o mesmo percurso do seu pai, que também foi militar. “Estou a seguir as pisadas do meu falecido pai para completar a sua jornada, estando aqui na grande mesquita de Meca, o local mais sagrado”, afirmou.

O príncipe saudita Mohammed bin Salman tem impulsionado reformas sociais e económicas no país, que puseram termo à proibição das mulheres conduzirem, permitiram-lhes viajar sem necessitarem de autorização masculina e garantiram às mulheres mais controlo sobre assuntos familiares.

No entanto, o plano de reforma do príncipe herdeiro da coroa saudita também tem sido marcado pela repressão aos dissidentes, incluindo as ativistas dos direitos das mulheres.

Leia Também: Meca prepara-se para segunda peregrinação anual durante a pandemia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório