Meteorologia

  • 18 SETEMBRO 2021
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 24º

Edição

Ex-ministro ruandês condenado por genocídio cumprirá sentença no Senegal

O antigo ministro ruandês Augustin Ngirabatware, condenado a 30 anos de prisão pelo seu papel no genocídio ruandês de 1994, cumprirá o resto da sua sentença no Senegal, anunciaram hoje funcionários da justiça internacional.

Ex-ministro ruandês condenado por genocídio cumprirá sentença no Senegal
Notícias ao Minuto

13:15 - 21/07/21 por Lusa

Mundo Ruanda

Num documento datado de 28 de maio e hoje tornado público, o juiz Carmel Agius ordenou a transferência de Ngirabatware para o Senegal "para cumprir a sua sentença, logo que possível, após a sentença ser proferida" noutro caso.

Neste caso separado, Ngirabatware e três dos seus familiares foram condenados, em 25 de junho, por tentarem subornar e intimidar testemunhas, a fim de anular a condenação por genocídio contra o antigo ministro.

Nascido em 1957, em Nyamyumba, Ngirabatware é genro do empresário Félicien Kabuga, que foi acusado de ser o financiador do genocídio e preso em maio de 2020, perto de Paris.

Ministro do Planeamento na altura do genocídio, que matou 800.000 pessoas, de acordo com a ONU, principalmente membros da minoria tutsi e hutus moderados, Augustin Ngirabatware foi condenado em recurso, em 2014, pelo Tribunal Penal Internacional para o Ruanda (TPIR), por genocídio e incitação à prática de genocídio na sua comuna de Nyamyumba (noroeste).

A condenação foi confirmada em 2019, após uma revisão do seu julgamento e perante o Mecanismo dos Tribunais Penais Internacionais (MTPI), que substituiu o TPIR.

Doutorado em Economia, formado na Suíça, Ngirabatware fugiu do Ruanda em julho de 1994. Tinha trabalhado em institutos de investigação no Gabão e em França, antes de ser preso na Alemanha em 2007 e transferido para o TPIR um ano mais tarde.

Leia Também: ONG critica Filipe Nyusi por não informar sobre militares estrangeiros

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório