Meteorologia

  • 05 AGOSTO 2021
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 29º

Edição

"Agradeço-lhe, António, por uma presidência incrivelmente bem sucedida"

A presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, elogiou hoje a "presidência incrivelmente bem sucedida" do Conselho da União Europeia (UE), destacando a adoção do certificado digital Covid-19, nos agradecimentos ao primeiro-ministro português, António Costa.

"Agradeço-lhe, António, por uma presidência incrivelmente bem sucedida"
Notícias ao Minuto

12:53 - 25/06/21 por Lusa

Mundo UE/Presidência

"Agradeço-lhe, António, por uma presidência incrivelmente bem sucedida", disse Von der Leyen, na conferência de imprensa no final da última reunião do Conselho Europeu na presidência portuguesa da UE, destacando a "habilidade" com que Costa "dirigiu todo o processo".

A líder do executivo comunitário elencou tópicos "que não teriam sido tão bem sucedidos" sem o primeiro-ministro e a presidência portuguesa, com especial destaque para "o tempo recorde" em que foi adotado o certificado digital Covid-19 da UE, "no qual já se encontram 26 Estados-membros ligados, até agora, e que está pronto para funcionar no dia 1 de julho".

Ursula von der Leyen referiu ainda o tema da recuperação económica, com a aprovação do financiamento 'Next Generation UE' para fazer face ao impacto da Covid-19 na economia europeia, destacando que a decisão sobre recursos próprios "foi tomada em cinco meses, quando normalmente leva, em média, dois anos."

Também o líder do Conselho Europeu, Charles Michel, elogiou o "excelente trabalho" da presidência portuguesa da UE e destacou a colaboração de Costa.

"Felicito a presidência portuguesa pelo excelente trabalho e agradeço-te pela colaboração", disse Michel, na conferência de imprensa, sublinhando que a circunstâncias em que Portugal assumiu a liderança do Conselho da UE "não foram fáceis", devido à pandemia da Covid-19, que obrigou a que muitas das reuniões tenham decorrido remotamente.

Ainda assim, Michel destacou a progressão feita "em numerosos dossiês".

A presidência portuguesa do Conselho da UE termina no dia 30 de junho e o lugar passa a ser ocupado até final do ano pela Eslovénia.

Leia Também: Presidência portuguesa? Apreciação positiva mas é cedo para balanços

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório