Meteorologia

  • 24 JULHO 2021
Tempo
25º
MIN 16º MÁX 26º

Edição

Presidente do Irão disposto a restabelecer relação com Arábia Saudita

O Presidente eleito do Irão disse hoje em conferência de imprensa em Teerão que "não há obstáculos" no sentido de novas relações diplomáticas com a Arábia Saudita.  

Presidente do Irão disposto a restabelecer relação com Arábia Saudita
Notícias ao Minuto

13:17 - 21/06/21 por Lusa

Mundo Irão

"Não há obstáculos, do lado do Irão, em relação à reabertura das embaixadas", disse Ebrahim Raissi na primeira conferência de imprensa após ter sido proclamado vencedor das eleições presidenciais iranianas da passada sexta-feira.

Atualmente decorrem contactos entre Riade e Teerão para uma eventual aproximação das duas potências do Golfo Pérsico que cortaram relações diplomáticas no início de 2016.

Referindo-se ao processo eleitoral iraniano, Ebrahim Raissi afirmou que foi eleito Presidente graças a uma participação "massiva" dos iranianos.  

Raissi, 60 anos, foi proclamado vencedor, com 62% dos votos e toma posse em agosto.

As presidenciais ficaram marcadas por uma abstenção sem precedentes no país.

A participação eleitoral foi de 48,8%, quando nas últimas eleições, há quatro anos, atingiu os 73%.  

O Presidente eleito do Irão disse na mesma conferência de imprensa que não tem vontade de se encontrar com o Presidente dos Estados Unidos e rejeitou acusações sobre violação de direitos humanos.

Ebrahim Raissi disse mesmo que é um "defensor dos Direitos Humanos" quando questionado sobre o seu envolvimento nos fuzilamentos de 1988 após o final da guerra contra o Iraque.

Os Estados Unidos e várias organizações não-governamentais ocidentais acusam o novo Presidente do Irão de ter sido responsável por torturas e execuções sumárias.

"Tudo o que eu fiz durante os meus anos de serviço foi sempre orientado no sentido da defesa dos Direitos Humanos", disse Raissi, que ainda dirige a Autoridade Judiciária do Irão.

Raissi fez parte do chamado "tribunal da morte", que condenou à morte prisioneiros políticos na segunda metade dos anos 1980, no Irão.

Sobre as negociações em curso em Viena para restaurar o acordo nuclear de 2015, o novo Presidente disse que o Governo vai apoiar "qualquer negociação que seja benéfica" para Teerão, mas não vai "negociar pelo prazer de negociar".

Leia Também: Raisi rejeita acusações de violação de direitos e recusa encontrar Biden

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório