Meteorologia

  • 28 JULHO 2021
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 29º

Edição

Estónia denuncia nova violação do espaço aéreo por militares russos

A Estónia, Estado-membro da NATO, denunciou hoje que dois aviões militares russos violaram o espaço aéreo estoniano, adiantando tratar-se da quarta vez que acontece desde o início do ano.

Estónia denuncia nova violação do espaço aéreo por militares russos
Notícias ao Minuto

17:09 - 16/06/21 por Lusa

Mundo NATO

Num comunicado, o Exército estoniano refere que, sem que fosse solicitada qualquer autorização, dois "Sukhoi Su-35" entraram terça-feira de manhã no espaço aéreo do país nas proximidades de Hiiumaa, uma pequena ilha no mar Báltico pertencente à Estónia, tendo sobrevoado a região durante cerca de um minuto.

O Exército estoniano acrescentou que os 'transponders' [dispositivo de comunicação eletrónico] nos aviões russos não estavam ligados, não tinham apresentado um plano de voo e que não havia comunicação de rádio bidirecional com o serviço de tráfego aéreo da Estónia. 

O encarregado de negócios da embaixada russa em Talin foi chamado ao Ministério dos Negócios Estrangeiros da Estónia para lhe ser entregue uma nota sobre o incidente.

Moscovo negou a intrusão aérea e disse que os aviões estavam terça-feira a realizar voos de rotina sobre as águas internacionais do mar Báltico.

"O voo decorreu estritamente de acordo com a rota definida. Durante o voo, os aviões não se desviaram da rota, o que é confirmado pelos dados da situação aérea", indicou o Ministério da Defesa russo, citado pela agência de notícias Interfax.

A Estónia, Estado-membro da União Europeia (UE) e da NATO, adiantou ter registado várias violações aéreas por parte de aviões civis e militares russos nos últimos anos e tem apresentado repetidos protestos a Moscovo.

Os dois países ainda não ratificaram um tratado de fronteira quase 30 anos depois de a Estónia, uma ex-república soviética, ter recuperado a independência em 1991. 

O vizinho báltico da Estónia, a Lituânia, também referiu hoje que dois caças russos Su-24 terão supostamente violado o espaço aéreo enquanto sobrevoavam o mar Báltico igualmente na manhã de terça-feira.

Leia Também: NATO: Biden destaca "firme apoio" dos EUA à segurança dos países bálticos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório