Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2021
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Polícia investiga morte de crítico de mina de ouro indonésia durante voo

O homem lutou publicamente contra uma polémica mina de ouro e apelou a que fossem feitas investigações.

Polícia investiga morte de crítico de mina de ouro indonésia durante voo

A polícia indonésia está a investigar a morte súbita de um responsável político que lutou contra uma polémica mina de ouro, após ter feito vários apelos para que fossem levadas a cabo investigações.

Helmud Hontong, vice-regente das ilhas remotas Sangihe da Indonésia, morreu durante um voo na última quarta-feira.

Vários grupos de direitos humanos dizem que sua morte se enquadra num padrão de violência usada contra pessoas que lutam pelos direitos ambientais. Mas a polícia diz que uma autópsia inicial aponta para uma morte natural.

O político de 58 anos parecia bem de saúde antes do voo para a ilha de Bali, mas 20 minutos depois começou a sentir-se zonzo, contou o assessor, que seguia também no avião. Em seguida "perdeu a consciência e sangue saiu-lhe da boca e nariz", acrescentou Hermen Kontu à Reuters.

O óbito foi declarado à chegada ao Aeroporto Internacional Sultan Hasanuddin, na cidade de Makassar. Apesar de as autoridades terem afirmado que a causa suspeita da morte foi uma doença crónica e insuficiência cardíaca, a polícia está a proceder a investigações adicionais.

Hontong foi um forte crítico do projeto de uma mina de ouro de 42 mil hectares na sua ilha. A PT Tambang Mas Sangihe recebeu a concessão da mina em janeiro, mas os oponentes do projeto afirmam que ameaça as florestas da ilha, os pássaros e o abastecimento de água aos ilhéus. A 28 de abril, Hontong escreveu ao ministério responsável a pedir às autoridades que revogassem a licença por questões ambientais.

A comissão de direitos humanos da Indonésia disse ter pedido à polícia para investigar o caso depois de queixas dos ilhéus de Sangihe, a maioria agricultores e pescadores. Para a Amnistia Internacional a morte do político enquadra-se num padrão de violência e ameaças contra quem luta por questões ambientais e de direitos à terra.

Leia Também: Indonésia abandona buscas de submarino afundado com 53 tripulantes

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório