Meteorologia

  • 29 JULHO 2021
Tempo
26º
MIN 17º MÁX 27º

Edição

Pelo menos 25 corpos encontrados ao largo do Iémen

Pelo menos 25 corpos de migrantes que tentavam aparentemente chegar às costas do Iémen para alcançarem os Estados ricos do Golfo foram hoje encontrados no mar por pescadores, disse um responsável local à agência France-Presse.

Pelo menos 25 corpos encontrados ao largo do Iémen

"Os pescadores encontraram 25 corpos no mar", perto do estreito de Bab al-Mandeb e de Djibouti, disse Jalil Ahmed Ali, acrescentando que a embarcação em que seguiam se terá virado há dois dias, com 160 a 200 pessoas a bordo.

As autoridades desconhecem o que terá acontecido aos restantes migrantes.

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) confirmou à AFP o naufrágio de uma embarcação nesta zona, precisando que as circunstâncias exatas do incidente não eram claras.

O barco afundou-se perto da costa de Ras al-Ara, na região de Lahj (sul), uma zona chamada de "inferno" dos migrantes pelas organizações não-governamentais.

Apesar do conflito que atinge o Iémen, as migrações clandestinas continuam, nomeadamente a partir da Etiópia.

Os países ricos produtores de petróleo do Golfo Pérsico, como a Arábia Saudita ou os Emirados Árabes Unidos, acolhem uma importante mão de obra estrangeira, proveniente sobretudo do subcontinente indiano ou de África.

Nos últimos meses, dezenas de migrantes morreram no estreito de Bab al-Mandeb, que separa o Djibuti do Iémen, uma rota importante para o comércio internacional, mas também para as migrações e o tráfico de seres humanos.

Bloqueados num país em guerra, muitos migrantes fazem também o caminho inverso. Em abril, pelo menos 42 migrantes morreram ao largo do Djibuti após fazerem a travessia desde o Iémen, segundo a OIM.

A organização estima que existam 32 mil migrantes, principalmente etíopes, bloqueados no país árabe, devastado por mais de seis anos de guerra civil e mergulhado no que a ONU qualifica como o pior desastre humanitário no mundo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório