Meteorologia

  • 24 JULHO 2021
Tempo
25º
MIN 16º MÁX 26º

Edição

Maddie: Suspeito alemão escreve carta e pede demissão de procurador

Suspeito de desaparecimento de Maddie diz que está a ser acusado sem ainda ter sido julgado.

Maddie: Suspeito alemão escreve carta e pede demissão de procurador

O principal suspeito do desaparecimento de Madeleine McCann, da Praia da Luz, no Algarve, escreveu uma carta enviada às redações onde exige a demissão do procurador alemão responsável pelo caso.

Christian Brückner refere-se a "uma campanha de pré- julgamento" encabeçado pelo Ministério Público alemão, que teima em acusá-lo do desaparecimento da menina britânica sem que ainda tenha sido julgado.

Há mais de um ano que Christian é considerado, pelo procurador público de Braunschweig, culpado pelo rapto de Maddie. Contudo, até agora, e segundo alega o próprio, este nunca foi interrogado.

Por esse motivo, o homem que é acusado de outros crimes de abuso sexual contra outras turistas no Algarve, alega a sua inocência e pede que Hans Christian Wolters renuncie ao caso.

O suspeito acusa os responsáveis pelo caso de "campanhas de pré-julgamento", que são inadequadas para o cargo de "defensor do povo alemão", e diz que estas envergonham o "sistema judicial alemão".

Christian B, de 44 anos, está preso, na Alemanha, tendo em junho do ano passado sido considerado o principal suspeito do desaparecimento da menina britânica no Algarve. 

Segundo os investigadores germânicos, o detido é suspeito do homicídio de Madeleine McCann. Christian B. vivia à data do desaparecimento de Maddie a poucos quilómetros da estância balnear da Praia da Luz onde a família da criança inglesa estava de férias.

Leia Também: Caso Maddie: Polícia diz que tem novos dados contra Christian B.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório