Meteorologia

  • 25 MAIO 2022
Tempo
25º
MIN 14º MÁX 26º

Desflorestação da Amazónia brasileira bate recorde em maio

A desflorestação da Amazónia brasileira atingiu em maio um nível recorde, com um aumento de 41% face ao mesmo mês de 2020, o que resultou na destruição de uma área de 1.180 quilómetros quadrados da maior floresta tropical do mundo.

Desflorestação da Amazónia brasileira bate recorde em maio
Notícias ao Minuto

17:41 - 04/06/21 por Lusa

Mundo Brasil

Os dados divulgados hoje foram recolhidos pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), órgão ligado ao Governo brasileiro, entre 01 e 28 de maio, pelos satélites que fazem parte do sistema Deter.

Este forte aumento questiona seriamente o compromisso feito pelo Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, perante a comunidade internacional de eliminar a desflorestação ilegal no país até 2030, dez anos antes do que o inicialmente planeado.

Em abril já tinha sido batido um recorde, com 580 quilómetros da floresta amazónica destruídos no Brasil, mas o número de maio é "particularmente preocupante porque este mês marca o início da seca que é acompanhada por uma intensificação da destruição de grande parte da floresta amazónica", frisou em um comunicado o Observatório do Clima, uma rede de organizações não-governamentais (ONG) de defesa do meio ambiente.

Bolsonaro é cético quanto as mudanças climáticas, mas entretanto prometeu esforços antes da cimeira do clima, organizada pelo Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em abril.

Desde que assumiu o poder em janeiro de 2019, porém, o Observatório do Clima avalia que o chefe de Estado brasileiro "tem trabalhado para desmantelar as políticas de controlo da desflorestação".

A ONG também acusou o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, de ter "praticamente encerrado" as atividades do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Salles e outros funcionários do Ministério do Meio Ambiente também são suspeitos de favorecer a exportação ilegal de madeira da Amazónia para a Europa e os Estados Unidos.

A Amazónia é a maior floresta tropical do mundo e possui a maior biodiversidade registada numa área do planeta, com cerca de 5,5 milhões de quilómetros quadrados e inclui territórios do Brasil, Peru, Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana, Suriname e Guiana Francesa (pertencente à França).

Leia Também: Fungo causa alta mortalidade em pessoas com HIV na amazónia brasileira

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório