Meteorologia

  • 17 SETEMBRO 2021
Tempo
26º
MIN 18º MÁX 26º

Edição

Manada de elefantes em fuga deixa rasto de destruição de 500 km na China

Destruíram celeiros e abriram caminho por plantações depois de terem fugido de uma reserva natural em abril.

Manada de elefantes em fuga deixa rasto de destruição de 500 km na China

Uma manada de 15 elefantes deixou um rasto de destruição no sudoeste da China, que incluiu comer campos inteiros de milho e destruir celeiros, depois de escapar de uma reserva natural em abril.

Na semana passada, os animais também secaram um tanque de água e atormentaram os moradores que estão preocupados com suas plantações, disse a emissora estadual CCTV.

Não resulta claro por que é que os elefantes selvagens, uma espécie protegida na China, se afastaram da reserva natural de Xishuangbanna, na província de Yunnan.

Mas, desde abril, os animais embarcaram numa jornada de 500 quilómetros, monitorizada de perto por habitantes locais e autoridades, com centenas de pessoas mobilizadas para garantir a segurança pública. Desde essa altura já destruíram cerca de 56 hectares de colheitas, causando perdas na ordem dos 6,8 milhões de yuan (cerca de 870 mil euros).

Esta terça-feira, as autoridades de Yunnan alertaram que o grupo estava a 20 quilómetros da capital da província de Kunming, onde vivem milhões de pessoas. A população de elefantes selvagens em Yunnan é de cerca de 300, contra 193 na década de 1980, informa a Xinhua.

Até agora não há vítimas a registar e os locais estão a tentar guiar os animais com comida, bloqueando as estradas com camiões.

Leia Também: Detidos em Angola caçadores que abatiam elefantes para tráfico de marfim

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório