Meteorologia

  • 18 JUNHO 2021
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

Hungria rejeita qualquer "declaração tendenciosa" da UE sobre Israel

A Hungria, que recusou hoje apoiar uma declaração da União Europeia (UE) de apelo ao cessar-fogo entre Israel e o Hamas, criticou este género de posições, considerando-as "parciais e desequilibradas".

Hungria rejeita qualquer "declaração tendenciosa" da UE sobre Israel

"Tenho um problema geral com as declarações europeias sobre Israel. (...) Não ajudam muito, especialmente nas atuais circunstâncias, quando as tensões são tão altas", disse o ministro dos Negócios Estrangeiros húngaro, Peter Szijjarto, em entrevista à agência francesa de notícias AFP, à margem de uma visita a Paris.

Szijjarto falava à AFP enquanto os seus homólogos da UE se reuniam de emergência sob a égide do chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell. 

Borrell, ressalvando a rejeição da Hungria, disse falar em nome de 26 dos 27 Estados-membros para exigir a "cessação imediata de toda a violência" no conflito israelo-palestiniano.

Desde 10 deste mês, no início da nova onda de violência armada entre o Estado judeu e grupos em Gaza, morreram pelo menos 230 pessoas, a grande maioria palestinianos.

"O objetivo é proteger os civis e permitir o acesso de ajuda humanitária a Gaza", disse Borrell.

Nas declarações à AFP, Szijjarto pediu à União Europeia que favoreça o "pragmatismo" em vez das "lições morais", depois de Budapeste ter usado recentemente o veto para bloquear uma declaração comum da UE sobre a China.

"Nos últimos meses e anos, a UE anunciou oito textos [sobre este assunto]. Pergunto: eles tornaram possível mudar as coisas na China?", afirmou o chefe da diplomacia húngara.

"Não. Então, por que deveríamos fazer um nono? Para apelar a menos julgamentos, menos lições morais, menos críticas e menos interferência? Não, o que é preciso é uma cooperação mais pragmática" de Bruxelas, sustentou.

Leia Também: UE exige cessar-fogo imediato entre Israel e Palestina, Hungria abstém-se

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório