Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2021
Tempo
MIN 8º MÁX 14º

Edição

Merkel e rei da Jordânia apelam a um "cessar-fogo imediato"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o rei Abdullah II, da Jordânia, exigiram hoje um "cessar-fogo imediato" no Médio Oriente para permitir novas "negociações políticas" entre Israel e o grupo islâmico xiita Hamas.

Merkel e rei da Jordânia apelam a um "cessar-fogo imediato"

Num comunicado, o porta-voz da chancelaria alemã, Steffen Seibert, indicou que o apelo resultou de uma conversa telefónica entre Merkel e Abdullah II.

"[Ambos] concordaram que devem ser apoiadas as iniciativas para um cessar-fogo imediato, a fim de criar as condições necessárias para a retomada das negociações políticas" entre Israel e os palestinianos, lê-se no documento.

Os confrontos entre as milícias palestinianas de Gaza e Israel prolongam-se há nove dias, sem que se verifiquem progressos no sentido de uma trégua.

O conflito, considerado o mais grave desde 2014, já provocou a morte a mais de 200 pessoas na Faixa de Gaza e pelo menos 12 mortos em território israelita.

Os combates começaram em 10 de maio, após semanas de tensões entre israelitas e palestinianos em Jerusalém Oriental, que culminaram com confrontos na Esplanada das Mesquitas, o terceiro lugar sagrado do islão junto ao local mais sagrado do judaísmo. 

Ao lançamento maciço de 'rockets' por grupos armados em Gaza em direção a Israel opõe-se o bombardeamento sistemático por forças israelitas contra a Faixa de Gaza. 

O conflito israelo-palestiniano remonta à fundação do Estado de Israel, cuja independência foi proclamada em 14 de maio de 1948. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório