Meteorologia

  • 18 JUNHO 2021
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

Polícia britânica adota cachorrinhos em honra de colega morto em serviço

Os patudos vão agora embarcar num curso de um ano para se tornarem cães polícias licenciados.

A polícia metropolitana adotou sete cachorrinhos recém-nascidos em memória do sargento Matt Ratana, que foi morto em serviço. O agente da polícia foi morto a tiro no Croydon Custody Center, a sul de Londres, no Reino Unido, em setembro de 2020, quando se preparava para revistar um suspeito algemado.

Uma das comissárias da polícia visitou o estabelecimento para adotar os cães, acompanhada da viúva do colega, Su Bushby. A mulher escolheu os nomes do cães em homenagem ao marido.

Os sete nomes escolhidos para os cachorrinhos são Matiu, Carter e Jonah para os machos e Kora, Blu, Valentine e Whanau para as fêmeas.

"Matt era muito amado e respeitado e esta é apenas uma das maneiras de a Polícia Metropolitana reconhecer e recordar o seu serviço e coragem", disse a comissária em declarações à Sky News.

Agora, os patudos, de raça pastor alemão, vão embarcar num curso de 12 meses para se tornarem cães polícia totalmente licenciados, tendo sido já atribuídos a treinadores. Como todos os cães da polícia, os animais vão viver em casa com os treinadores e as suas famílias.

Veja algumas imagens dos cachorrinhos na galeria acima.

Leia Também: Reino Unido regista 1.926 novos casos e quatro mortes devido à Covid-19

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório