Meteorologia

  • 23 JUNHO 2021
Tempo
22º
MIN 15º MÁX 27º

Edição

Sinagoga inaugurada em local de massacre nazi na Ucrânia

No mesmo local foram assassinados quase 34 mil judeus durante a Segunda Guerra Mundial.

As autoridades ucranianas inauguraram uma sinagoga em Babyn Yar, perto de Kiev, num local onde, durante a Segunda Guerra Mundial, foram assassinados quase 34 mil judeus. Babyn Yar era uma ravina onde, em 1941, os judeus de Kiev foram alinhados e mortos a tiro pelos invasores alemães durante dois dias (entre 29 e 30 de setembro de 1941).

Nos meses seguintes, milhares de judeus, ciganos e prisioneiros soviéticos foram mortos na ravina, com o número de óbitos a ascender a mais de 100 mil.

A sinagoga faz parte de um novo memorial que está a ser desenvolvido na área, conta a BBC. A inauguração contou com a presença do rabino chefe da Ucrânia, Reuven Azman e do primeiro-ministro Denys Shmygal.

O edifício em questão, com 11 metros de altura, tem algumas particularidades, nomeadamente o facto de poder abrir e fechar como se de um livro se tratasse. Tem um mapa do céu noturno pintado com as estrelas como estavam posicionadas entre 29 e 30 de setembro de 1941, quando as mortes ocorreram. 

A atrocidade em Babyn Yar foi um dos maiores massacres de judeus em solo soviético durante a guerra. Mais tarde, para encobrir o que tinha sido feito, os alemães em retirada destruíram a ravina e queimaram os corpos em piras de tamanho grande.

Pode ver algumas imagens na galeria acima.

Leia Também: Jerusalém: Alemanha terá "tolerância zero" com atos antissemitas no país

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório