Meteorologia

  • 22 JUNHO 2021
Tempo
22º
MIN 15º MÁX 23º

Edição

Milhares manifestam-se em Espanha contra despedimentos do BBVA

Um protesto contra o despedimento coletivo que o BBVA pretende fazer de 3.800 trabalhadores mobilizou hoje mais de seis mil pessoas em 15 cidades de Espanha, ação que o maior sindicato do banco considerou um "êxito rotundo".

Notícias ao Minuto

23:59 - 10/05/21 por Lusa

Mundo BBVA

O banco alega razões de organização e económicas para despedir milhares de pessoas, enquanto os seus diretores consolidam remunerações de centenas de milhões de euros anuais, comparou o sindicato integrante das CCOO (Comissões Operárias).

As manifestações, integradas designadamente pelos empregados do banco e pelas respetivas famílias, decorreram em cidades como Barcelona, Madrid, Sevilha, Valência, Tarragona, La Corunha, Bilbau, Oviedo, Gerona, Lérida, Vigo, Palma de Maiorca, Las Palmas, Lugo e Orense.

"Os trabalhadores e as organizações sindicais falaram e o BBVA deve escutar-nos, porque não estamos dispostos a calar esta imensa injustiça", declarou o sindicato.

O sindicato classifica como "incrível a atitude de desprezo" do banco ao pretender encerrar centenas de balcões e deixar em risco de exclusão financeira amplos setores sociais, como o dos idosos, ou querer fechar o único balcão bancário em várias localidades.

Em 22 de abril, o BBVA anunciou aos sindicatos a intenção de despedir 3.800 empregados em Espanha, correspondentes a 16,3% do efetivo de 23.300 trabalhadores, e o encerramento de 530 balcões, equivalentes a 21,3% da sua rede.

Leia Também: Espanhol BBVA quer despedir 3.800 trabalhadores e fechar 530 balcões

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório