Meteorologia

  • 13 JUNHO 2021
Tempo
25º
MIN 18º MÁX 29º

Edição

África com mais 248 mortos e 7.262 infetados nas últimas 24 horas

África registou desde sábado mais 248 óbitos associados à covid-19, elevando o total para 124.209 desde o início da pandemia, e mais 7.262 novas infeções, superadas pelos mais de 12 mil recuperados, segundo os dados oficiais mais recentes.

África com mais 248 mortos e 7.262 infetados nas últimas 24 horas
Notícias ao Minuto

15:35 - 09/05/21 por Lusa

Mundo Covid-19

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número total de infetados nos 55 Estados-membros da organização é de 4.627.266 e o de recuperados da doença nas últimas 24 horas é de 12.573, para um total de 4.179.431 desde o início da pandemia.

A África Austral mantém-se como a região mais afetada, com 1.987.867 infetados pelo coronavírus SARS-CoV-2 e 62.566 mortos associados à doença covid-19. Nesta região, a África do Sul, o país mais atingido pela covid-19 no continente, contabiliza 1.594.817 casos e 54.724 mortes.

O Norte de África é a segunda zona mais atingida, com 1.392.431 infetados e 41.147 vítimas mortais.

A África Oriental regista 617.827 infeções e 11.743 mortos, enquanto na África Ocidental o número de infeções é de 463.615 e o de mortes é de 6.121. Na África Central, os casos de infeção ascendem a 165.526 e há 2.632 óbitos registados.

O Egito, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 13.845 mortes e 236.272 infetados, seguindo-se a Tunísia, com 11.350 mortes e 319.512 casos de infeção. Marrocos contabiliza 513.628 casos de infeção e 9.064 mortes associadas à covid-19.

Entre os países mais afetados estão também a Etiópia, com 3.871 vítimas mortais e 262.217 infeções, e a Argélia, com 3.321 mortos e 123.692 infetados (o mesmo número de sábado).

Em relação aos países de língua oficial portuguesa, Moçambique regista 821 mortes e 70.166 casos, seguindo-se Angola (630 óbitos e 28.477 casos de infeção), Cabo Verde (232 mortos e 26.111 casos), Guiné Equatorial (112 óbitos e 7.694 casos), Guiné-Bissau (67 mortos e 3.739 casos) e São Tomé e Príncipe (35 mortos e 2.314 casos).

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito, em 14 de fevereiro de 2020, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 3.284.783 mortos no mundo, resultantes de mais de 157,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: Países africanos defendem produção local de vacinas para evitar atrasos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório