Meteorologia

  • 17 JUNHO 2021
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Covid-19: Venezuela necessita 40 milhões de doses de vacinas

A Venezuela necessita de 40 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, alertou o presidente da Federação Médica Venezuelana (FMV), sublinhando que o número de contágios no país é superior ao divulgado publicamente.

Covid-19: Venezuela necessita 40 milhões de doses de vacinas
Notícias ao Minuto

06:27 - 08/05/21 por Lusa

Mundo Federação Médica

"Apenas chegaram 880 mil à Venezuela e necessitamos de 40 milhões de doses para imunizar a população venezuelana. O Governo não cumpriu a promessa de comprar dez milhões de vacinas", disse Douglas León Natera, num comunicado divulgado na sexta-feira, em Caracas.

A FMV indicou que "a morbimortalidade" no país "é muito superior do que diz o Governo, que esconde os números e expõe a população ao risco de contágio com o plano 7 + 7, uma semana de flexibilidade e outra de quarentena radical".

Desde o início da pandemia de covid-19 no país, em março de 2020, morreram "365 médicos e 166 profissionais de saúde", indicou.

"Não há camas nos hospitais para atender pacientes" com covid-19, sublinhou o comunicado.

De acordo com os dados oficiais, o país contabilizou 2.226 mortes associadas ao novo coronavírus SARS-CoV-2 e 202.758 casos da doença, desde o início da pandemia.

A organização não-governamental Médicos Unidos da Venezuela (MUV) indicou que, entre março de 2020 e terça-feira, morreram 537 profissionais da área da saúde.

Em 06 de abril, MUV pediu às autoridades venezuelanas para declararem uma "emergência nacional" para proteger os trabalhadores da área da saúde.

A Academia de Medicina e a Academia de Ciências Físicas, Matemáticas e Naturais venezuelanas disseram que o país está "perante uma nova onda epidémica" pelo que "é urgente vacinar" a população contra o novo coronavírus.

A Venezuela recebeu meio milhão de doses de vacinas da farmacêutica estatal chinesa Sinopharm e pelo menos 250 mil doses da vacina russa Sputnik V.

Entretanto, Caracas anunciou ter adquirido mais de 11 milhões de vacinas contra a covid-19, através do Fundo de Acesso Global para Vacinas Covid-19 (Covax).

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.258.595 mortos no mundo, resultantes de mais de 155,9 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram  16.989 pessoas dos 838.852 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: Venezuela: Atividade económica caiu 33,7% em 12 meses

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório