Meteorologia

  • 23 JUNHO 2021
Tempo
22º
MIN 15º MÁX 27º

Edição

ONU: 12 candidatos para enviado no Saara Ocidental foram recusados

O secretário-geral da Nações Unidas, o português António Guterres, revelou hoje que, durante dois anos, propôs 12 candidatos para o lugar de enviado da ONU para o Saara Ocidental, mas que acabaram por ser todos recusados.

ONU: 12  candidatos para enviado no Saara Ocidental foram recusados

A revelação ocorreu na sequência das questões às quais o antigo primeiro-ministro de Portugal -- durante os XIII e XIV governos constitucionais -- respondeu sobre a recandidatura ao cargo, ao qual concorre sem oposição.

Guterres explicou que os anteriores candidatos foram todos rejeitados, em particular, por pelo menos um dos países que compõem o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) -- constituído por cinco elementos permanentes: Estados Unidos, Rússia, França, Reino Unido e China; e por dez temporários.

Os próximos candidatos serão submetidos a uma audição por um "júri", que vai depois propor "um, dois, ou três" nomes. Contudo, secretário-geral da ONU não especificou que países vão compor o júri.

Guterres advertiu que quaisquer escolhas deste júri terão de ser, posteriormente, aprovadas pelo Conselho de Segurança e pelas partes envolvidas no conflito, razão pela qual ainda assim "há situações que são difíceis com esta metodologia".

O Saara Ocidental é disputado por Marrocos e pelo movimento independentista Frente Polisário. Para esta região a ONU propôs duas dúzias de nomes que foram todos recusados, mas não especificou quem ou por quais motivos foram considerados ilegíveis.

Leia Também: Guterres defende mais autoridade para OMS

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório