Meteorologia

  • 10 MAIO 2021
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 18º

Edição

Após declarados terroristas, grupo Proud Boys do Canadá dissolve-se

Em fevereiro, o grupo neofascista Proud Boys foi acrescentado à lista negra de organizações terroristas no Canadá, assim como 12 outros grupos do género.

Após declarados terroristas, grupo Proud Boys do Canadá dissolve-se

A filial canadiana do grupo de extrema-direita Proud Boys acabou por se dissolver, meses após o país ter declarado a entidade como organização terrorista. Num comunicado, citado pelo Guardian, o grupo recusa ser identificado como terrorista.

"A verdade é que nunca fomos terroristas nem um grupo de supremacia branca. Somos eletricistas, carpinteiros, conselheiros financeiros, mecânicos, etc. Mais do que isso: somos pais, irmãos, tios e filhos", podia ler-se num comunicado divulgado através da página oficial de Telegram do administrador do grupo no Canadá.

Sublinhe-se que, em fevereiro deste ano, o grupo neofascista e 12 outros grupos foram acrescentados à lista negra de organizações terroristas no Canadá. Para o governo do Canadá, os Proud Boys são "uma organização neofascista que pratica violência política" e cujos membros "defendem ideologias misóginas, islamofóbicas, antissemitas, anti-imigrantes e/ou de supremacia branca".

Paralelamente, defenderam que o grupo, fundado em 2016 e com presença no Canadá, Estados Unidos e outros países, "desempenhou um papel central" no ataque ao Capitólio, em Washington, em 6 de janeiro.

O movimento Proud Boys foi fundado por um canadiano residente nos Estados Unidos, Gavin McInnes, que mais tarde se dissociou do mesmo. Autoproclamados "chauvinistas ocidentais", começaram por protestar contra o "politicamente correto" e alegadas "restrições à masculinidade" até se envolverem, nos últimos anos, em combates de rua violentos com ativistas antifascistas e membros do movimento Black Lives Matter.

Leia Também: Proud Boys e Oath Keepers em contacto semanas antes do motim no Capitólio

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório