Meteorologia

  • 08 MAIO 2021
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 24º

Edição

Vacina da AstraZeneca na origem da morte de militar em Espanha

Ministra da Defesa confirmou hoje que "não há dúvidas" na relação entre a morte e a toma da vacina.

Vacina da AstraZeneca na origem da morte de militar em Espanha

Um militar espanhol, de 35 anos, morreu no final de abril, depois de ter sido vacinado com uma dose da vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca.

O homem, membro do Regimento de Infantaria de América, em Navarra, morreu no dia 24 de abril, 17 dias depois de ser vacinado. 

O caso foi reportado às autoridades sanitárias, que ficaram responsáveis por analisar uma possível relação entre a morte e a toma da vacina.

Fonte do Regimento refere que o homem se começou a queixar, dias depois, de fortes dores de cabeça. Chegou mesmo a procurar ajuda no departamento médico do seu quartel e, mais tarde, nas urgências de um hospital local. O militar acabou por desmaiar em casa e mais tarde viria a descobrir-se que a sua morte se deveu a uma trombose cerebral, com uma redução das plaquetas sanguíneas e uma hemorragia cerebral. 

Esta segunda-feira, a ministra espanhola da Defesa, Margarita Robles, fez saber que os relatórios médicos concluíram que a morte do militar foi uma consequência da administração da vacina. 

"Nos relatórios médicos que nos foram dados parece não haver dúvidas de que há uma relação", afirmou a governante.

O El Pais lembra que a vacinação dos membros do Exército decorreu fora do sistema de saúde público de Navarra, uma vez que este é da responsabilidade do Estado e não da região de Navarra. A unidade deste militar foi incluída no plano de vacinação, que estabeleceu que a vacina da Oxford deveria ser dada a pessoas com menos de 60 anos de idade pertencentes a profissionais da segunda linha, nomeadamente farmacêuticos, estudantes de saúde, pessoal dos corpos de segurança e de emergência, professores, entre outros.

O homem foi vacinado precisamente no mesmo dia em que Conselho Interterritorial de Saúde decidiu suspender a vacinação com a AstraZeneca para crianças menores de 60 anos, com base num relatório da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) que reconheceu haver uma "possível ligação" entre esta vacina e coágulos de sangue com baixos níveis de plaquetas.  

Leia Também: AO MINUTO: Rt desce em Portugal; EMA avalia Pfizer em jovens

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório