Meteorologia

  • 17 JUNHO 2021
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 21º

Edição

Von der Leyen e Modi notam "impulso claro" para fortalecer relações

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, consideraram hoje que existe "um impulso claro" para "fortalecer a parceria estratégica" UE-Índia, a poucos dias da cimeira entre os dois parceiros.

Von der Leyen e Modi notam "impulso claro" para fortalecer relações
Notícias ao Minuto

10:32 - 03/05/21 por Lusa

Mundo UE/Presidência

"Há um impulso claro para fortalecer a nossa parceria estratégica no comércio, digital, alterações climáticas e multilateralismo", escreveu Ursula von der Leyen na sua conta oficial da rede social Twitter, após uma "boa conversa" telefónica, como classificou, com Modi para "preparar a cimeira UE-Índia", organizada pela presidência portuguesa do Conselho da UE, e que terá lugar este sábado.

Na mensagem, a presidente da Comissão Europeia mostra-se "encorajada" pela "perspetiva de intensificar" as "relações comerciais e de investimento" entre os dois parceiros.

"Isso iria explorar um enorme potencial com benefícios para as nossas empresas e cidadãos", lê-se na mensagem de Von der Leyen.

O governo indiano também abordou a conversa telefónica entre os dois líderes através de uma nota de imprensa, onde frisa que tanto Modi como Von der Leyen "notaram que a parceria estratégica UE-Índia está a testemunhar um impulso renovado desde a última cimeira em julho", em referência a uma reunião, por videoconferência, entre Von der Leyen, Modi e o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel.

O executivo de Narendra Modi destaca ainda que a reunião de sábado "é uma oportunidade importante para fornecer um impulso renovado às já multifacetadas relações entre a UE e a Índia".

"A reunião de líderes UE-Índia será a primeira no formato UE+27 [em referência aos 27 chefes de Estado e de Governo da UE] e reflete a ambição partilhada pelos dois lados de fortalecer ainda mais a parceria estratégica UE-Índia", frisa a nota do executivo indiano.

Abordando ainda a situação pandémica na Índia -- que tem ultrapassado os recordes diários mundiais de infeções e mortes --, a presidente da Comissão Europeia diz que a UE se mantém "profundamente solidária" com o seu "parceiro democrático".

"Estamos a fornecer apoio rápido e a prestar assistência para combater a covid-19", sublinha a presidente Von der Leyen.

Já o governo indiano frisa que, durante a conversa entre os dois líderes, Modi "manifestou a sua apreciação à UE e aos Estados-membros por terem mobilizado rapidamente o seu apoio na luta da Índia contra a segunda vaga de covid-19".

A Cimeira UE-Índia, agendada para o dia 08 de maio, é um dos eventos centrais da presidência portuguesa do Conselho da UE, que decorre neste primeiro semestre do ano.

Inicialmente previsto que decorresse em formato presencial, com a participação de Narendra Modi no Porto, a reunião será virtual devido à situação pandémica da Índia.

Oficialmente designada Reunião de Líderes UE-Índia, a Cimeira realiza-se um dia depois da Cimeira Social, a 07 de maio, que reunirá chefes de Estado e de Governo dos 27 Estados-membros, parceiros sociais e representantes de organizações de sociedade civil para debater o plano de ação do Pilar Social Europeu, e no mesmo dia da reunião informal dos líderes dos 27, também no Porto.

Leia Também: UE incentiva países a abrirem portas a viajantes vacinados

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório