Meteorologia

  • 14 MAIO 2021
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 23º

Edição

Floyd morreu porque o coração de Derek Chauvin "é demasiado pequeno"

Esta foi uma das alegações apresentadas pelo procurador Jerry Blackwell.

Floyd morreu porque o coração de Derek Chauvin "é demasiado pequeno"

As alegações finais do julgamento do polícia acusado de assassinar o afro-americano George Floyd começaram esta segunda-feira.

Um dos procuradores afirmou em tribunal que George Floyd não morreu por ter o coração demasiado grande ou por problemas de saúde já existentes, mas porque o coração do polícia Derek Chauvin é "demasiado pequeno".

O procurador Jerry Blackwell afirmou que o maior desvio da verdade são as alegações da defesa que querem fazer crer que Floyd morreu de outros fatores que não os relacionados com o facto de Chauvin se ter ajoelhado sobre ele durante nove minutos e 29 segundos.

Já a defesa do polícia alega que antes desses nove minutos, é preciso avaliar o que se passou nos 16 minutos anteriores ao momento em que Derek colocou o joelho sobre o pescoço da vítima.

Os 14 jurados foram confrontados com as acusações que querem que estes concluam que as ações de Chauvin foram "um fator causal substancial" na morte de Floyd e que o uso de força por parte do agente não foi "razoável e proporcional". Já a defesa do agente da polícia de Minneapolis quer fazer crer que os problemas de saúde da vítima serão os responsáveis pela morte do homem.

Os 14 jurados vão ouvir as alegações finais e depois não têm tempo limite para chegar a uma decisão, que deve ser sempre por consenso, podendo demorar vários dias ou várias semanas a acontecer.

As acusações contra Derek Chauvin

As três acusações exigem que os jurados concluam que as ações de Chauvin foram "um fator causal substancial" na morte de Floyd e que o uso de força por parte do agente não foi "razoável e proporcional".

A acusação de homicídio em segundo grau exige ainda que os procuradores façam prova de que Chauvin quis deliberadamente prejudicar Floyd, mas que não pretendia matá-lo.

A acusação de homicídio em terceiro grau exige prova de que as ações de Chauvin foram "iminentemente perigosas" e sem olhar ao risco de perda de vida.

Já acusação de homicídio por negligência exige que os jurados acreditem que o agente causou a morte de Floyd sem ser de forma consciente.

Cada uma das acusações pode levar a uma pena máxima diferente: 40 anos para homicídio em segundo grau; 25 anos para homicídio em terceiro grau; 10 anos para homicídio por negligência.

Leia Também: Floyd: Autoridades preparam-se para manifestações depois da sentença

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório