Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2021
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Capitólio. Extremista declara-se culpado e vai colaborar com autoridades

Este é o primeiro acordo de culpabilidade a ser tornado público no âmbito da megaoperação de investigação das autoridades federais ao motim ocorrido a 6 de janeiro

Capitólio. Extremista declara-se culpado e vai colaborar com autoridades

Jon Ryan Schaffer, membro do grupo norte-americano de extrema-direita Oath Keepers, será o primeiro dos mais de 400 acusados pela insurreição no Capitólio a declarar-se culpado, noticiou o New York Times na sexta-feira, que escreve que o miliciano de 53 anos de idade aceitou o acordo de culpabilidade prometendo cooperar com o governo.

Este é o primeiro acordo de culpabilidade a ser tornado público no âmbito da megaoperação de investigação das autoridades federais ao motim ocorrido a 6 de janeiro. A revelação do acordo extrajudicial foi, porém, acidental, tendo o processo - em segredo de justiça - sido brevemente colocado online na semana passada, por engano, na base de dados do tribunal.

A publicação sublinha que a colaboração de Jon Ryan Schaffer com as autoridades poderá revelar-se crucial para a intenção dos procuradores em montar uma acusação de conspiração paralela e mais abrangente a outros 12 membros dos Oath Keepers.

Schaffer não fará parte dessa acusação, mas a sua colaboração com os procuradores será tão importante que, na sexta-feira, mostraram-se disponíveis para o colocar no programa de proteção de testemunhas.

Os Oath Keepers, um grupo paramilitar maioritariamente composto por antigos agentes de autoridade e veteranos do exército, foi uma das organizações de extrema-direita com maior presença no motim de 6 de janeiro, em Washington D.C., que culminou com a morte de cinco pessoas, entre as quais um polícia.

Uma outra organização sob intenso escrutínio policial são os Proud Boys, um grupo de extrema-direita que se proclama como "chauvinistas ocidentais" e que se tem envolvido, nos últimos anos, em combates de rua violentos com ativistas antifascistas e membros do movimento Black Lives Matter.

Leia Também: Capitólio. Polícia avisada do ataque e ordenada a não agir agressivamente

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório