Meteorologia

  • 16 JUNHO 2021
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 24º

Edição

Mãe de menino abandonado em fronteira dos EUA tinha sido sequestrada

Meylin caiu nas mãos de um cartel após ser repatriada pelas autoridades dos EUA. Entretanto, já foi libertada.

Mãe de menino abandonado em fronteira dos EUA tinha sido sequestrada

A mãe de Wilton, o menino do Nicarágua filmado por um segurança, abandonado e a chorar, numa fronteira dos EUA, foi sequestrada por um cartel, pouco depois de ter sido repatriada pelas autoridades norte-americanas para o México.

Apesar do susto, tudo acabou bem. O irmão de Meylin Obregón Leiva anunciou, no YouTube, esta quarta-feira, que a mulher já foi libertada.

“Tenho as melhores notícias do mundo! A minha irmã foi solta. Quero que o mundo inteiro saiba que a minha irmã foi libertada das mãos da máfia”, disse Misael Obregón, que vive em Miami, sem dar mais detalhes sobre o caso.

a mãe de Meylin disse ao El País que a filha “fugiu de um relacionamento violento” em que era vítima de agressões e assédio. Antes de embarcar para essa viagem, a mulher terá mesmo apresentado queixa às autoridades de Nicarágua. Socorro Leiva espera agora que a filha e o neto, que se encontram num abrigo em Browsnville, no Texas, possam ficar a viver nos EUA, juntamente com Misael.

Conta ainda a publicação espanhola que o pesadelo de Meylin começou no início de abril, quando esta tentou entrar, ilegalmente, nos EUA com o filho de 10 anos e ambos foram apanhados e repatriados para o México pelas autoridades norte-americanas.

Após o repatriamento, de acordo com família, um cartel mexicano sequestrou os dois. Os raptores exigiram um resgate de cerca de 4.200 euros por cada um deles. Misael ainda conseguiu pagar o resgate do sobrinho, mas já não teve dinheiro para o da irmã.

Apesar de terem recebido o pagamento, os criminosos abandonaram o menino junto à fronteira de La Grulla, no Texas, onde ele foi filmado pelo segurança da fronteira.

Recorde-se que o vídeo, partilhado nas redes sociais, que mostrava Wilton a chorar, com medo de ser raptado, tornou-se viral e símbolo do drama que se vive nas fronteiras norte-americanas.

No passado mês de março os EUA registaram o maior número de detenções de pessoas que tentaram entrar no país sem documentos em 15 anos. Mais de 172 imigrantes ilegais foram detidos. A maioria deles foi expulsa do território norte-americano. 

De acordo com as Organizações Não Governamentais (ONG) casos como o de Wilton e a mãe são comuns. Muitos são os imigrantes ilegais repatriados que acabam nas mãos de cartéis mexicanos.

Leia Também: "Estou assustado". Rapaz abandonado em fronteira junto aos EUA pede ajuda

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório