Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2021
Tempo
27º
MIN 17º MÁX 27º

Edição

Artista pinta todas as mulheres mortas por homens no Reino Unido em 2020

Henny Beaumont decidiu fazer esta homenagem após ouvir, no Dia da Mulher, a deputada do Partido Trabalhista Jess Phillips a recitar o nome das 118 vítimas de violência doméstica no país.

Artista pinta todas as mulheres mortas por homens no Reino Unido em 2020

A artista britânica Henny Beaumont decidiu pintar retratos de todas as mulheres vítimas de violência doméstica que morreram, em 2020, no Reino Unido.

À Sky News, Henny revelou que a ideia da homenagem surgiu depois de ouvir a deputada trabalhista Jess Phillips a ler todos os 118 nomes das vítimas na Câmara dos Comuns, no Dia Internacional da Mulher.

“Fiquei muito triste e chocada. O único nome que reconheci na altura foi o de Sarah Everard. Fiquei curiosa sobre todas as outras mulheres e decidi criar um memorial para elas. Então eu pinto-as e filmo esse processo. Depois, edito e inverto as imagens, para que as vejam a desaparecer”, descreveu a artista.

Ao projeto, Henny chamou de ‘Mulheres Desaparecidas’ porque nos desenhos é possível ver como é que estas vítimas eram a antes de serem mortas por quem as devia amar.

Até ao momento, a britânica já completou 19 pinturas, que poderá ver no Twitter no site da artista.

Uma das ‘mulheres desaparecidas’ que Henny já pintou é Kelly Fitzgibbons, de 40 anos, que foi morta a tiro, na sua casa, em março do ano passado, pelo companheiro que também assassinou as suas duas filhas, Ava, de quatro anos, e Lexi, de dois.

Henny fez questão de entregar o quadro ao pai de Kelly.

Leia Também: Prisão preventiva para suspeito de violência doméstica em Faro

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório