Meteorologia

  • 28 OUTUBRO 2021
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

Alemanha reporta o segundo pior dia em infeções diárias. São quase 30 mil

Nas últimas 24 horas morreram 293 pessoas.

Alemanha reporta o segundo pior dia em infeções diárias. São quase 30 mil

A Alemanha registou, esta quinta-feira, 29.426 novos casos de Covid-19, o pior dia desde 12 de janeiro e o segundo pior desde que a pandemia chegou ao país. De acordo com o Instituto Robert-Koch, foram reportadas 293 mortes relacionadas com a doença no mesmo período de tempo, ou seja, nas últimas 24 horas.

O mesmo relatório, disponibilizado online, dá conta de 2.736.100 recuperados no total, mais 17.400 que ontem.

Neste momento a Alemanha conta com 257.900 casos ativos, mais 11.700 que esta quarta-feira.

No total, desde que a pandemia chegou ao país, as autoridades de saúde alemãs já reportaram 79.381 óbitos na sequência do SARS-CoV-2 e 3.073.442 casos.

A incidência acumulada de novos casos em sete dias continua a aumentar consideravelmente na Alemanha, chegando a 160,1 casos por 100.000 habitantes, contra 153,2 de quarta-feira e 140,9 de terça-feira, enquanto na semana anterior era de 105,7.

"Devido aos números sempre elevados e ao novo aumento acelerado da incidência, o RKI considera muito alto o risco para a saúde da população da Alemanha", alertou o organismo de saúde no seu relatório diário.

O pico de incidência tinha sido registado em 22 de dezembro com 197,6 novas infeções por 100.000 habitantes em uma semana.

O fator de reprodução semanal é 1,11, o que significa que a cada 100 infetados contagiam uma média de 111 outras pessoas.

Poucos testes para o SARS-CoV-2 foram realizados durante as férias da Páscoa, por isso os números em torno dessas datas devem ser interpretados com cautela, lembrou o RKI, que fará uma conferência de imprensa conjunta com o ministro da Saúde, Jens Spahn, para avaliar a situação pandêmica no país.

Numa semana, as autoridades de saúde relataram 133.162 novas infeções e o RKI estimou que os casos ativos atualmente subiram para cerca de 257.900.

Nas unidades de cuidados intensivos havia 4.680 pacientes com covid-19 internados na quarta-feira (oito a menos em relação ao dia anterior), dos quais 2.653 (57% e 13 a menos em relação à terça-feira) precisam de respiração assistida, de acordo com o levantamento da Associação Interdisciplinar Alemã Departamento de Cuidados Intensivos e Medicina de Emergência (DIVI).

Atualmente, 21.053 camas nos cuidados intensivos estão ocupados e 2.864 ainda estão livres, além dos 906 reservados para crianças.

Na Alemanha, 5.186.135 pessoas receberam as duas doses da vacina - 6,2% da população - e 14.058.329 (16,9%), pelo menos uma, segundo o RKI.

Nas últimas 24 horas, 464.701 cidadãos receberam a primeira dose da vacina e outros 65.836, a segunda dose.

Leia Também: AO MINUTO: Marcelo pede "mais um esforço"; Brasil já soma 360 mil mortes

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório