Meteorologia

  • 07 MAIO 2021
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 24º

Edição

Caso Floyd: Defesa do polícia começa a ser ouvida

Durante a fase de acusação do julgamento, quase 40 testemunhas foram chamadas a depor, incluindo o chefe da polícia de Minneapolis que condenou abertamente a forma como Derek Chauvin tratou George Floyd.

Caso Floyd: Defesa do polícia começa a ser ouvida

Terminou a fase de acusação do julgamento do assassínio de George Floyd, nos EUA, depois de 11 dias de depoimentos e exposição de uma série de vídeos dos momentos finais do afro-americano, em maio de 2020.

Os procuradores encerraram hoje as suas alegações depois de, na segunda-feira, ouvirem o irmão mais novo de George Floyd, Philonise, 39 anos, e um especialista em uso da força que disse que a ação do polícia foi "claramente irracional".

A acusação tentou provar ao júri que Floyd morreu de asfixia, depois do antigo agente da polícia, Derek Chauvin, ter estado ajoelhado no pescoço da vítima durante largos minutos.

Quase 40 testemunhas foram chamadas a depor, entre peritos e veteranos da polícia de Minneapolis, incluindo o próprio chefe de departamento, que condenaram abertamente a forma como Derek Chauvin, entretanto demitido, tratou George Floyd.

A polícia de Minneapolis testemunhou mesmo que o joelho de Chauvin no pescoço de Floyd por cerca de nove minutos foi excessivo e contrário ao seu treino.

O julgamento prossegue agora com a apresentação dos argumentos por parte da defesa, que se baseia no facto de o agente ter seguido o que o treino policial prescreve e alega que a morte de Floyd se deveu ao consumo excessivo de drogas e não a asfixia causada pela pressão sobre o seu pescoço. 

Chauvin é acusado de ter matado, por uso excessivo de força, o afro-americano George Floyd, de 46 anos, no dia 25 de maio de 2020.

O julgamento ocorre sem audiência e são transmitidas em direto por diversas estações televisivas, devido à pandemia de Covid-19, e debaixo de um forte dispositivo de segurança, pelo impacto que tiveram as imagens da morte de Floyd, que se tornaram virais nas redes sociais e foram disseminadas por 'media' de todo o mundo, provocando uma onda de manifestações contra o racismo e contra a violência policial.

O veredito é esperado para o final deste mês ou início de maio, sendo que os outros três polícias envolvidos no caso - Alexander Kueng, Thomas Lane e Tou Thao - só serão julgados por "cumplicidade no homicídio" em agosto.

Leia Também: Floyd: Juiz recusa pedido da defesa para isolar de imediato os jurados

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório