Meteorologia

  • 14 MAIO 2021
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 23º

Edição

Número de casos por milhão de habitantes no Canadá superou o dos EUA

O número de casos de Covid-19 no Canadá, por milhão de habitantes (223,15) supera o dos Estados Unidos (211,6) pela primeira vez desde o início da pandemia, de acordo com dados da Universidade norte-americana de Johns Hopkins, hoje revelados.

Número de casos por milhão de habitantes no Canadá superou o dos EUA
Notícias ao Minuto

23:38 - 12/04/21 por Lusa

Mundo Covid-19

Por outro lado, o Canadá é o 34.º país do mundo em vacinações contra a covid-19, tendo 19,7% da população já recebido pelo menos uma dose e cerca de 21,11% as duas doses.

Esta diferença de percentagens acontece porque as autoridades canadianas decidiram atrasar em até quatro meses a distribuição das segundas doses, perante as dificuldades em aceder a vacinas, apesar de o Canadá ser o país do mundo que adquiriu mais vacinas por habitante: mais de 400 milhões para uma população de cerca de 38 milhões de pessoas.

Hoje, a província de Ontário, a mais populosa do Canadá, registou 4.401 novos casos de covid-19, o segundo maior valor desde o início da pandemia, e 619 internados em unidades hospitalares de cuidados intensivos. No domingo, Ontário tinha atingido o número recorde de 4.456 novos contágios de covid-19.

O aumento dos internamentos por covid-19 obrigou as autoridades de Ontário a cancelar, a partir de hoje, todas as cirurgias que não sejam consideradas urgentes, para assegurar que os recursos médicos estão disponíveis para os doentes mais graves da pandemia.

Na semana passada, Ontário impôs o terceiro confinamento obrigatório desde o início da pandemia, que durará 28 dias e que apenas permite aos habitantes deixarem as suas casas para irem trabalhar, à escola ou para fazerem compras essenciais.

Já na província do Québec, a segunda mais populosa e a mais fustigada pelo novo coronavírus, registaram-se hoje 1.599 novos casos de covid-19.

Também no Québec foram impostas novas restrições às atividades económicas e sociais, para tentar conter a propagação da covid-19.

Em Montreal, a maior cidade do Québec, registaram-se distúrbios no domingo à noite, em protestos contra as restrições, que juntaram centenas de pessoas, muitas das quais jovens.

Os manifestantes vandalizaram estabelecimentos comerciais e incendiaram mobiliário urbano no centro histórico da cidade, e a presidente da Câmara de Montreal, Valérie Plante, qualificou hoje os acontecimentos de "inaceitáveis".

A Polícia de Montreal anunciou ter detido sete pessoas e multado 107 por violação do dever de recolhimento, imposto pelas autoridades municipais.

Na Columbia Britânica, as autoridades enfrentam o maior surto infecioso fora do Brasil da variante P1. Aquela província contabiliza 877 casos confirmados daquela variante, dos quais pelo menos 200 têm ligações à pequena localidade de Whistler, onde em 2010 decorreram os Jogos Olímpicos de Inverno.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.937.355 mortos no mundo, resultantes de mais de 135,9 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: AO MINUTO: Autotestes? Assintomáticos positivos; Índia aprova Sputnik

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório