Meteorologia

  • 11 MAIO 2021
Tempo
19º
MIN 10º MÁX 19º

Edição

Minnesota palco de confrontos com polícia após morte de afroamericano

Jovem foi morto na sequência de uma operação STOP.

Um agente da polícia do Minnesota alvejou fatalmente um jovem de 20 anos, na tarde deste domingo, durante uma operação de fiscalização rodoviária.

A vítima é Daute Wright, de acordo com a família do próprio. O jovem foi morto depois de ter sido mandado parar na Avenida de Orchard, em Brooklyn Center, pelas 14h da tarde [horas locais]. 

Segundo o NY Post, ainda não é certo o motivo pelo qual o jovem foi mandado parar, mas a polícia alega que tinha um mandado pendente.

Quando a polícia tentou detê-lo, o jovem, alegadamente, voltou a entrar no carro, tendo um dos polícias disparado. A vítima ainda conseguiu conduzir durante alguns metros, antes de sofrer um acidente.

O jovem circulava na companhia da namorada quando o incidente aconteceu.

Na sequência do sucedido, o Minnesota tornou-se palco de várias manifestações durante a noite. Centenas de manifestantes deslocaram-se até às instalações da sede da polícia em Brooklyn Center, erguendo cartazes e gritando o nome de Daunte Wright.

A polícia ordenou que os manifestantes dispersassem e usou gás lacrimogéneo e granadas de choque.

A mãe, Katie Wright, disse que ouviu agentes de segurança a pedir ao filho para largar o telefone e um deles terminou-lhe a chamada.

A namorada de Daunte ligou-lhe minutos depois a dizer-lhe que o filho tinha sido baleado.

Por volta da meia-noite (06:00 em Lisboa) o autarca de Brooklin Centre, Mike Elliott, declarou recolher obrigatório até à manhã de hoje, alegando a necessidade de manter a segurança pública e considerando a morte de Daunte Wright um "incidente trágico".

"Queremos que todos estejam a salvo. Por favor, tenham cuidado e vão para casa", disse o autarca, na mensagem em que justificava a medida de recolher obrigatório.

O Departamento de Assuntos Criminais do estado de Minnesota já anunciou que vai investigar o caso do envolvimento de um polícia no tiroteio que vitimou Daunte Wright.

O incidente aconteceu em Minneapolis, onde decorre o julgamento do polícia acusado da morte de George Floyd, em maio passado.

O julgamento ocorre sem audiência e são transmitidas em direto por diversas estações televisivas, devido à pandemia de covid-19, e debaixo de um forte dispositivo de segurança, pelo impacto que tiveram as imagens gravadas da morte de Floyd, que se tornaram virais nas redes sociais e foram disseminadas por 'media' de todo o mundo, provocando uma onda de manifestações contra o racismo e contra a violência policial.

O veredito é esperado para o final de abril ou início de maio.

Os outros três polícias envolvidos no caso - Alexander Kueng, Thomas Lane e Tou Thao -- só serão julgados por "cumplicidade no homicídio" em agosto.

[Notícia atualizada às 13h21]

Leia Também: Força policial na detenção "maior do que George Floyd podia suportar"

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório