Meteorologia

  • 21 JUNHO 2021
Tempo
21º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

EUA e Filipinas apelam que China respeite decisão sobre Mar da China

Estados Unidos e Filipinas pediram à China que respeite uma decisão da Convenção da ONU para o Direito Marítimo que invalidou as suas extensas reivindicações de soberania no Mar do Sul da China, incluindo águas territoriais filipinas.

EUA e Filipinas apelam que China respeite decisão sobre Mar da China
Notícias ao Minuto

21:45 - 09/04/21 por Lusa

Mundo Mar da China

O apelo foi feito pelo secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, e pelo secretário dos Negócios Estrangeiros filipino, Teodoro Locsin, no final de uma conversa telefónica em que "partilharam preocupação" com a atividade de "navios de milícia marítima" na região, segundo comunicado conjunto. 

A conversa teve lugar numa altura em que as Filipinas exigem a retirada da área do Recife Whitsun (Recife Julian Felipe, para os filipinos, e  Niu'e Jiao para os chineses) de cerca de 44 navios pesqueiros e outros meios marítimos, que chegaram a ser perto de duas centenas no início de março.

Inicialmente, a China disse que a agitação marítima fez com que os navios, que diz serem barcos de pesca, ficassem atracados nas proximidades do recife, que insiste fazer parte das ilhas Spratly, cuja soberania reivindica.

Segundo o porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, durante a conversa entre Blinken e Locsin ambos reafirmaram também a validade do tratado de defesa mútua marítima entre os dois países, em zonas onde China e Filipinas têm reivindicações de soberania conflituantes.

Hoje, a 7ª frota da Marinha dos Estados Unidos informou que o seu porta-aviões nuclear Theodore Roosevelt e navios de apoio realizaram exercícios no Mar do Sul da China, "em apoio a um Indo-Pacífico livre e aberto".

Também envolvido esteve o grupo anfíbio Ilha de Makin, que integra elementos da unidade expedicionária dos fuzileiros norte-americanos, um navio anfíbio de assalto e outros dois navios, segundo a 7ª frota.

Uma decisão da Convenção das Nações Unidas para o Direito dos Mares, em 2016, invalidou pretensões chinesas sobre grande parte do Mar do Sul da China.

As Filipinas afirmam que Julian Felipe faz parte das ilhas do grupo Kalayaane e está localizado na sua Zona Económica Exclusiva.

Leia Também: China realiza primeiro contacto com denominado governo civil do Myanmar

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório