Meteorologia

  • 10 ABRIL 2021
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

AO MINUTO: Brasil com 3.829 óbitos. Reinfeção pode ser mais forte

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Brasil com 3.829 óbitos. Reinfeção pode ser mais forte

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 663 casos confirmados de infeção pelo SARS-CoV-2, com o número de internados inferior a 500 pela primeira vez em mais de seis meses, segundo a Direção-Geral da Saúde. Nas últimas horas registaram-se ainda mais três mortes atribuídas à Covid-19.

Esta quarta-feira, a Agência Europeia do Medicamento (EMA) voltou a fazer uma conferência sobre a vacina da AstraZeneca onde indicou que existe uma "possível relação" entre a vacina e a formação de "casos muito raros" de coágulos sanguíneos, mas "é muito rara", pelo que "os benefícios globais da vacina superam os riscos de efeitos secundários".

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h00 - Suspendemos aqui o registo de hoje. O acompanhamento será retomado na manhã de quinta-feira. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes. Caso tenha sintomas:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

Só quer tirar dúvidas? Não assoberbe as linhas telefónicas: [email protected]

23h50 - Estudo feito no Brasil indica que reinfeção pode ter sintomas mais fortes. A reinfecção pela covid-19 pode ocorrer com sintomas mais fortes, segundo um estudo hoje divulgado pela Fundação Oswaldo Cruz, maior centro de investigação científica do Brasil e da América Latina. De acordo com o estudo, que será publicado em maio na revista 'Emerging Infectious Desease', as pessoas que estiveram infetadas com o vírus de forma leve e que não precisaram de ser hospitalizadas não terão produzido uma resposta imunológica, aumentando assim a possibilidade de reinfecção, inclusive, com a mesma variante que as infetou na primeira vez.

23h47 - Várias pessoas recusaram levar vacina da AstraZeneca em Oeiras. Utentes garantem que tinham sido informados de que iriam ser inoculados com outras vacinas que não a da AstraZeneca.

23h27 - Algéria vai começar a produzir a vacina russa. A Algéria vai começar a produzir a vacina Sputnik V contra a Covid-19 em setembro, em parceria com Moscovo, e parte da produção será destinada a países africanos, anuncia a Reuters.

23h03 - Coreia do Sul suspende uso da vacina AstraZeneca em menores de 60 anos. A Coreia do Sul suspendeu hoje o uso da vacina AstraZeneca contra a Covid-19 em pessoas com menos de 60 anos, devido a preocupações relativamente à formação de coágulos sanguíneos. 

22h37 - Brasil com mais 3.829 óbitos e segundo maior número de novos casos. O Ministério da Saúde brasileiro notificou esta quarta-feira mais 92.625 casos de infeção por novo coronavírus, o segundo maior registo diário desde o início da pandemia (o recorde ocorreu a 25 de março, com 100.158 novos casos registados num único dia). São ainda confirmadas mais 3.829 mortes associadas à doença, um dia depois de ter sido atingido um novo máximo diário (4.195).

22h10 - Cientistas descobrem possível nova estirpe do vírus no Brasil. Uma possível nova estirpe do vírus Sars-CoV-2 foi descoberta na cidade brasileira de Belo Horizonte por cientistas locais, que detetaram a combinação de 18 mutações nunca anteriormente descritas, informaram hoje fontes oficiais.

21h30 - Espanha e Itália suspendem vacina da AstraZeneca para menores de 60 anos. A autoridade de Saúde espanhola e as comunidades acordaram suspender a vacinação com a AstraZeneca a pessoas menores de 60 anos, indica o El País. O fármaco continuará a ser administrado a pessoas entre os 60 e os 65 anos de idade.

A AFP anuncia que a Itália tomou decisão similar, reservando o fármaco da empresa anglo-sueca para pessoas acima dos 60 anos, por causa das preocupações com os coágulos sanguíneos nas pessoas mais jovens.

Recorde-se que, hoje, a EMA divulgou que existe uma "possível relação" entre a vacina contra a Covid-19 da farmacêutica AstraZeneca e a formação de "casos muito raros" de coágulos sanguíneos, mas insistiu nos benefícios do fármaco devido às graves consequências da pandemia. A Organização Mundial de Saúde, por seu turno, disse que uma ligação entre a vacina e o desenvolvimento de uma forma rara de coágulos sanguíneos é "plausível mas não confirmada".

21h26 - Portugal alerta países que decisões sobre AstraZeneca "afetam todos". A presidência portuguesa da União Europeia alertou hoje os Estados-membros que "decisões individuais afetam todos" relativamente ao uso da vacina da AstraZeneca, envolta em riscos de coágulos sanguíneos, pedindo uma "posição o mais coordenada possível" entre os 27.

20h42 - Madeira reporta 25 novos casos e sem doentes nos Cuidados Intensivos. A Madeira contabilizou hoje 25 novos casos de Covid-19 e o mesmo número de doentes recuperados, existindo atualmente 342 situações ativas na região, mas nenhum doente hospitalizado nos Cuidados Intensivos, informou a Direção Regional de Saúde do arquipélago.

20h40 - França já vacinou quase dez milhões de pessoas com a primeira dose. A França já vacinou 9.797.957 pessoas com a primeira dose da vacina contra a Covid-19, anunciaram hoje as autoridades, no entanto, o terceiro pico da pandemia continua a progredir no país com mais de 5.700 pessoas em estado grave. Morreram ainda em França nas últimas 24 horas 433 pessoas devido ao vírus, perfazendo 97.722 óbitos desde o início da pandemia.

Há atualmente mais de 30 mil pessoas internadas devido ao vírus em França e 5.729 desses doentes estão internados nos cuidados intensivos. Isto significa um aumento de mais de 600 pessoas desde a véspera.

19h26 - Vacina da AstraZeneca é "parte importante" da campanha europeia. A Comissão Europeia disse hoje aos Estados-membros que a vacina da AstraZeneca é, apesar dos riscos, uma "parte importante" do portefólio de fármacos da União Europeia (UE) contra a Covid-19, apelando a coordenação sobre o seu uso.

19h13 - Um dia após recorde de mortes, Bolsonaro critica medidas de confinamento. O Brasil voltou na terça-feira a atingir um novo máximo diário de mortes por causa do novo coronavírus (4.195), mas, esta quarta-feira, Jair Bolsonaro voltou a criticar as medidas de distanciamento social, assim como defendeu a utilização de medicamentos que não estão devidamente aprovados para o combate à doença Covid-19, causada pelo vírus SARS-CoV-2.

19h02 - Bélgica reserva vacinação com AstraZeneca para maiores de 55 anos. A Bélgica só administrará a vacina da AstraZeneca a maiores de 55 anos ao longo das próximas quatro semanas, decidiram hoje os ministros da Saúde federal e regionais belgas.

18h44 - Relação entre vacina AstraZeneca e coágulos sanguíneos "plausível mas não confirmada", diz OMS. Uma ligação entre a vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca e o desenvolvimento de uma forma rara de coágulos sanguíneos é "plausível mas não confirmada", indicou hoje a Organização Mundial de Saúde (OMS).

18h42 - Plano de recuperação de aprendizagens apresentado em maio. O primeiro-ministro anunciou hoje que em maio vai ser apresentado um programa de recuperação de aprendizagens dirigido aos alunos para que, por causa da pandemia, "não fique perdido" tudo o que devia ter sido aprendido.

18h31 - Máscaras sociais da FPF geram cinco mil euros para o Banco Alimentar. A venda de máscaras sociais da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) gerou um donativo de cinco mil euros para a Rede de Emergência do Banco Alimentar contra a Fome, anunciou hoje a entidade desportiva.

18h22 - Pandemia provou ser "desigual" e atinge os mais vulneráveis. A ministra da Saúde afirmou hoje que a pandemia da Covid-19 é "marcadamente desigual", com as infeções do vírus SARS-CoV-2 a atingir em maior número as pessoas em situação mais vulnerável.

Marta Temido defendeu, ainda, uma "participação determinada" na construção do projeto da União Europeia da Saúde, alegando a necessidade de uma resposta europeia concertada à pandemia da Covid-19.

Paralelamente, a presidência portuguesa da União Europeia, que promove hoje uma reunião de emergência sobre a estratégia de vacinação comunitária após a divulgação das conclusões sobre o fármaco da AstraZeneca, espera uma "posição conjunta" dos 27 para combater a desinformação.

18h21 - Variante identificada no Reino Unido predomina nos Estados Unidos. A variante de Covid-19 descoberta no Reino Unido, mais contagiosa, é a mais transmissível atualmente nos Estados Unidos, onde também foram detetadas as identificadas no Brasil e África do Sul, confirmou hoje o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças.

18h02 - CoronaVac tem 50% de eficácia contra estirpe brasileira. A vacina chinesa CoronaVac tem 50% de eficácia contra a P.1, estirpe brasileira do coronavírus identificada pela primeira vez em Manaus, na capital do estado do Amazonas, segundo um estudo que contou com a participação de mais de 67 mil pessoas.

17h41 - IL pede 'apoio' a partidos para discutir diploma do teletrabalho na AR. O deputado único da Iniciativa Liberal desafiou hoje os restantes partidos a associarem-se à sua intenção de conseguir discutir no parlamento o diploma do Governo que determinou o teletrabalho obrigatório até ao final do ano.

17h35 - Enfermeiros. Situação na Madeira é "muito melhor" do que no continente. A Ordem dos Enfermeiros não recebeu qualquer denúncia de profissionais da Madeira desde o início da pandemia de Covid-19, revelou hoje a bastonária, Ana Rita Cavaco, sublinhando que a situação no arquipélago é "muito melhor" do que no continente.

17h29 - Brasil regista primeiro caso de infeção com a variante sul-africana. O Brasil registou o primeiro caso confirmado da variante de novo coronavírus descoberta na África do Sul, numa altura em que o país está a braços com a pior fase da crise pandémica, com número de novos casos e de mortes a atingir novos recordes consecutivos. De acordo com a Reuters, o caso foi identificado na semana passada, pelo Instituto Butantan, em São Paulo.

17h27 - Itália reporta 627 óbitos e 13 mil casos, taxa de positividade desce. A Proteção Civil italiana notificou esta quarta-feira o registo de mais 13.708 novos casos de infeção por novo coronavírus, uma subida em relação ao dia anterior (7.767). As autoridades notificam ainda mais 627 óbitos referentes às últimas 24 horas, também uma subida em relação à véspera (421).

17h20 - Espanha tem 8.788 novos casos e 126 mortes nas últimas 24 horas. A Espanha registou 8.788 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 3.326.736 o total de infetados até agora no país, com os contágios a subir, segundo os dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde espanhol.

17h11 - AstraZeneca em jovens? EMA vai ter em conta sugestão britânica. A Agência Europeia do Medicamento (EMA) disse hoje que a União Europeia (UE) terá "em conta" a recomendação de especialistas britânicos que sugeriram alternativas à administração da vacina da AstraZeneca contra a Covid-19 para menores de 30 anos.

17h04 - Reino Unido reporta 2.763 casos e 45 óbitos, denotando estabilização. As autoridades britânicas reportaram esta quarta-feira mais 2.763 novos casos de contágio por novo coronavírus, um número superior ao reportado na véspera (2.379), e 45 óbitos associados à doença Covid-19, indicador que também fica acima do reportado na terça-feira (20).

16h55 - Regulador discute impactos de conclusões sobre vacina da AstraZeneca. O regulador europeu vai discutir hoje ao fim da tarde "o impacto" na estratégia de vacinação da União Europeia (UE) das conclusões divulgadas sobre a vacina da AstraZeneca, dada a possível relação com a formação de coágulos sanguíneos.

16h35 - Psicólogos alertam para mais desigualdades na saúde mental. O bastonário da Ordem dos Psicólogos (OP), Francisco Miranda Rodrigues, alertou hoje que a pandemia de Covid-19 agravou as desigualdades no acesso à saúde mental.

16h26 - Reuters indica que as "mortes no Brasil se encaminham para ultrapassar a pior vaga nos Estados Unidos".

16h00 - Regulador britânico suspende AstraZeneca para menores de 30 anos. As autoridades britânicas devem oferecer uma vacina alternativa à AstraZeneca contra a Covid-19 às pessoas com menos de 30 anos devido aos sinais crescentes de que pode provocar tromboembolismos, anunciou o regulador Agência de Medicamentos britânica (MHRA)

15h35 - Apesar de "possível ligação" a coágulos, AstraZeneca "é segura", diz EMA. A Agência Europeia do Medicamento (EMA) concluiu, esta quarta-feira, que existe uma "possível relação" entre a vacina da contra a Covid-19 da farmacêutica AstraZeneca e a formação de "casos muito raros" de coágulos sanguíneos, mas insistiu nos benefícios do fármaco face aos riscos.

15h02 - Número de internados desce para menos de 500 pela 1.ª vez desde setembro. Portugal registou nas últimas 24 horas mais 663 casos confirmados de infeção pelo SARS-CoV-2, com o número de internados inferior a 500 pela primeira vez em mais de seis meses, segundo a Direção-Geral da Saúde. O número de pessoas internadas, que atingiu o pico de 6.869 a 1 de fevereiro, tem vindo a descer desde então, contando-se agora 488, menos 16 do que na terça-feira, e é a primeira vez desde 19 de setembro de 2020 que esse indicador é inferior a 500, segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje.

15h01 - Mais três mortes e 663 contágios em Portugal. Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais três mortes devido à Covid-19 e 663 novos casos de infeção, indica o boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde divulgado esta quarta-feira. Trata-se de um aumento de 0,08% relativamente aos casos e de 0,02% em relação aos óbitos. Assim, o país passa a acumular 825.031 casos de infeção pelo novo coronavírus e 16.890 mortes desde o início da pandemia. 

15h00 - Iniciámos um novo registo. Para conferir as atualizações da manhã clique aqui.

Leia Também: AO MINUTO: Rt nacional acima de 1 ; Vacinas têm sido "Via Sacra"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório