Meteorologia

  • 23 MAIO 2022
Tempo
21º
MIN 15º MÁX 22º

Etiópia anuncia retirada de tropas da Eritreia da região de Tigray

O Governo da Etiópia anunciou hoje que a Eritreia concordou em retirar as forças da região de Tigray, onde testemunhas descreveram pilhagens, homicídios e violações de civis.

Etiópia anuncia retirada de tropas da Eritreia da região de Tigray
Notícias ao Minuto

08:00 - 26/03/21 por Lusa

Mundo Tigray

O primeiro-ministro etíope, Abiy Ahmed, indicou que as forças etíopes vão assumir a guarda das zonas fronteiriças "com efeito imediato", de acordo com uma declaração publicada na sequência de uma visita à Eritreia.

Abiy só na última semana reconheceu a presença de soldados da Eritreia, durante muito tempo inimigos dos líderes de Tigray que em tempos dominaram o Governo da Etiópia.

Na declaração não é referido o número de soldados da Eritreia que estiveram na Etiópia, embora testemunhas tenham apontado milhares.

Até ao momento, a Eritreia, um dos países mais fechados do mundo, não emitiu qualquer declaração.

Os Estados Unidos exigiram há semanas que os soldados eritreus deixassem Tigray imediatamente e a pressão aumentou nos últimos dias com a administração do Presidente norte-americano, Joe Biden, a enviar o senador Chris Coons para a Etiópia há quase uma semana, para horas de conversações com Abiy.

Em 04 de novembro, Abiy Ahmed, Nobel da Paz em 2019, lançou uma operação militar na região de Tigray após meses de tensão crescente com as autoridades regionais da Frente Popular de Libertação do Tigray (TPLF, na sigla em inglês).

A operação foi apoiada pelas forças regionais de Amhara, região a sul de Tigray, para segurar grandes áreas depois da retirada da TPLF. Estima-se também que esta tenha sido apoiada por tropas da vizinha Eritreia, inimigo jurado das TPLF, que terão tido um papel proeminente nos combates e que são acusadas de terem realizado massacres de civis.

Desconhece-se o número de pessoas, especialmente civis, mortas nos combates de Tigray.

A região, próxima da fronteira com o Sudão e a Eritreia e com cerca de seis milhões de habitantes, mantém-se isolada do mundo e, apesar de alguns progressos na prestação de ajuda, os trabalhadores humanitários advertiram que os alimentos e outros apoios são insuficientes.

Leia Também: ONU alerta para crise em Tigray e refere que dimensão é desconhecida

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório