Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2021
Tempo
25º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Alemanha ultrapassa os 2,6 milhões de casos e 74 mil mortes por Covid-19

Número de infetados em 24 horas aumentou drasticamente, superando os 17 mil casos diários.

Alemanha ultrapassa os 2,6 milhões de casos e 74 mil mortes por Covid-19

A Alemanha regista, esta quinta-feira,  17.504 novos casos de Covid-19 e 227 mortos.

O número de novos infetados é o mais alto desde janeiro sendo que, no total, o país germânico ultrapassou hoje os 2.6 milhões de infetados [2.612.268].

No que diz respeito às mortes, os dados do Instituto Robert Koch dão conta de que existem, desde o início da pandemia, 74.132 vítimas a lamentar.

A incidência de sete dias continuou a aumentar e agora é de 90 em todo o país.

A última vez que a incidência semanal atingiu 90 infeções por 100.000 habitantes foi em 02 de fevereiro.

Depois, começou a diminuir até 19 de fevereiro, quando se situaou em 56,8 infeções por 100.000 habitantes.

Posteriormente a tendência começou a inverter-se.

A subida foi atribuída pelo RKI em parte à presença de novas variantes do vírus que são mais contagiosas.

O número máximo de óbitos foi registado em 14 de janeiro com 1.244 mortes e o máximo de novas infeções em 18 de dezembro com 33.777 casos.

O índice de reprodução (Rt) da doença manteve-se em 1,06, o que indica que 100 infetados contagiam em média 106 pessoas.

O aumento nos números pode levar a uma revisão do plano de reabertura a ser abordado na segunda-feira numa reunião da chanceler Angela Merkel com responsáveis dos 16 Estados federais.

O plano previa que o levantamento de algumas restrições seria revertido caso fosse atingida uma incidência semanal superior a 100 infeções por 100.000 habitantes.

Outras medidas de abertura dependiam de a incidência ser inferior a 50 infeções por 100.000 habitantes.

Desde o início da pandemia, o RKI registou 2.612.268 infeções pelo novo coronavírus. Um total de 74.132 pessoas morreram de causas relacionadas com a doença e cerca de 2.683.264 pessoas foram consideradas curadas.

Um total de 6.970.861 pessoas receberam pelo menos a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus, o que equivale a 8,38 por cento da população, e 3.097.094 pessoas também receberam a segunda dose.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.671.720 mortos no mundo, resultantes de mais de 120,6 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório