Meteorologia

  • 15 ABRIL 2021
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 22º

Edição

Mais de 20 mortos em violência em estados sudaneses de Darfur

Pelo menos 21 pessoas morreram e 68 ficaram feridas devido aos conflitos tribais nos estados sudaneses do Darfur do Sul e do Norte, anunciaram hoje as autoridades locais.

Mais de 20 mortos em violência em estados sudaneses de Darfur
Notícias ao Minuto

20:56 - 03/03/21 por Lusa

Mundo Sudão

O governo regional de Darfur do Sul anunciou, num comunicado citado pela agência noticiosa Efe, que pelo menos 11 pessoas morreram e 36 ficaram feridas por confrontos entre as tribos falata e masalit, na zona de Gereida, a sul de Niyala.

Segundo o documento, o conflito teve origem no roubo de gado por parte de uma das tribos, tendo o executivo local anunciado o envio de reforços para Gereida para conter a situação e impor a segurança.

Este estado do Sudão tinha sido já atingido por confrontos entre estas duas tribos depois da morte de um pastor falata às mãos de agricultores masalit.

Durante o dia de hoje, o chefe da polícia do estado de Darfur do Norte, Yehia Mohamed, comunicou também que houve confrontos "sangrentos" entre duas tribos que resultaram na morte de 10 pessoas e que feriram 32.

O responsável afirmou que alguns dos suspeitos foram detidos e que foi imposto um recolher obrigatório entre as 18:00 e as 06:00 locais, não tendo especificado a sua duração.

O número de mortos devido à violência tribal na região de Darfur atingiu 214 desde meados de janeiro, havendo mais de 270 feridos.

O pico nas mortes e nos deslocados surge depois de a missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) em Darfur, a Unamid, ter terminado, a pedido do Governo sudanês, a sua presença, que se prolongou por 13 anos, no território.

Aquando do fim da missão, havia cerca de 1,8 milhões de deslocados, uma redução face aos 2,5 milhões de deslocados calculados em 2007, quando a Unamid teve início.

No mês passado, as Nações Unidas alertaram para o elevado número de pessoas deslocadas na região de Darfur desde a retirada da missão de paz da ONU.

Num relatório publicado em 08 de fevereiro, o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários assinalou que "ficaram deslocadas mais pessoas no primeiro mês de 2021 que em todo 2020".

Segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, 250 pessoas morreram em episódios de violência entre membros das tribos árabes falata e rizeigat, motivados por poços de água e pastagens.

O conflito no Darfur, que começou em 2003 entre forças leais ao regime de Cartum e rebeldes, resultou em cerca de 300.000 mortos e mais de 2,5 milhões de deslocados, na sua maioria nos primeiros anos, de acordo com as Nações Unidas.

Leia Também: Detenções ilegais no Sudão por antiga milícia convertida em força militar

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório